SUFOCANTE!

 

Foto: Agência Estado




Na noite desta quarta-feira (15),  o Clube de Regatas do Flamengo recebeu o Grêmio para a segunda partida das Quartas de final da Copa do Brasil. Com o empate arrancado no último lance lá em Porto Alegre, uma vitória simples já classificaria o rubro-negro. Jogo mata-mata nunca é fácil, e o time caiu de rendimento nas últimas partidas. Rolou um medo de deixar escapar a vaga, mas passamos e estamos na semifinal.


A equipe carioca fez um gol logo no início da partida. O gol causou apreensão e medo do que poderia acontecer no decorrer do jogo, pois sabemos que o time costuma relaxar após abrir o placar.


Se eu pudesse resumir o jogo com uma palavra seria “sufoco”! Ontem foi um teste de coronárias constante até o apito final. Tivemos momentos bons, mas levamos pressão do Grêmio, que cresceu na partida ao ver os donos da casa cometendo erros bobos. Apesar de algumas falhas, a defesa se comportou bem, anulando as chances de gols do time adversário.


Próximo ao final do jogo, o Colombiano Gustavo Cuellar sentiu fortes câimbras e claramente estava exausto. O colombiano é rei do meio campo, marca sempre em cima e rouba muitas bolas. Ainda aguardamos alguma explicação do departamento médico sobre o que acontecerá com o jogador.


                           Foto: Divulgação / Twitter Oficial do Flamengo


Um fator importantíssimo para a equipe carioca foi a presença da torcida em peso que empurrou e apoiou o jogo inteiro. Sem dúvida alguma, a torcida é o nosso 12º jogador, pois dá forças para ir para cima e intimida os adversários. Mais um show da torcida do Flamengo!!!


O jogo foi eletrizante do início ao fim, mas o rubro negro ficou com vaga na semi, onde disputará com o Corinthians uma vaga na grande final da Copa do Brasil.

 

Por Paula e Bruna