TÁ CHEGANDO A HORA…FORÇA E RAÇA MEU GRÊMIO, TEMOS QUE GANHAR!

SEGURA O CORAÇÃO NAÇÃO TRICOLOR, FALTAM APENAS 90 MINUTOS, PARA O DIA DE GLÓRIA

 

Foto: Grêmio Oficial

 

Vamos tricolor

Queremos a Copa!

A banda tá loca e eu

Quero te ver campeão

Eu vou te apoiar como em todos os anos

Força e raça meu Grêmio temos que ganhar!

 
 

O grito está preso na garganta...a ansiedade toma conta do torcedor, e o nervosismo é inevitável! As mãos suadas e trêmulas, se unem em sinal de oração, o hino e o canto de guerra da torcida, ecoam pelo corpo, e a mente, leva por diversas vezes, ao palco da grande final.

Quanto mais as horas passam, mais o coração bate acelerado, pensando nas Gerais pulsando, e no time entrando no gramado. São 15 anos de espera e nunca o título, esteve tão perto.

Numa partida brilhante em Belo Horizonte, o Grêmio, fez mais do que a lição de casa, garantiu a vantagem e colocou uma das mãos na taça. Agora, em casa e nos braços da torcida, Renato Gaúcho e seus comandados, tem a chance de fechar com chave de ouro, a temporada gremista.

O último grito de Campeão, foi dado em 2001, sob o comando do técnico Tite. Um título, com o carimbo do ídolo Danrlei, que brilhou como ninguém nas finais contra o Corinthians (2 a 2 em casa, e 3x1 fora). Por esse, e outros motivos, o tricolor é tomado pela vontade de colorir o Rio Grande do Sul e todo o país de azul e branco.

No primeiro jogo do país, após a tragédia envolvendo a equipe de Chapecó, as cores do tricolor, dividirão espaço, com o verde da Chapecoense, em mais uma série de homenagens ao clube.

Um protocolo especial será executado. Tanto o Grêmio, quanto o Galo, terão o símbolo da Chape em seus uniformes. Na entrada das equipes em campo, uma camiseta gigante da Chapecoense será aberta nas arquibancadas, e o um minuto de silêncio terá toque militar, enquanto a arbitragem irá apitar o jogo com uniforme na cor verde.

 

Uma das homenagens gremistas a Chape. Foto: Globo Esporte

 

Em respeito a Chapecoense e diferentemente do rival, os jogadores gremistas pediram para que os torcedores não levem “caixões”, ao estádio em alusão a possível queda do time do Beira-Rio.

O time terá apenas o desfalque do suspenso, Pedro Rocha. Everton será o substituto. Assim o tricolor, que pode até perder por um gol de diferença, deverá entrar em campo com Marcelo Grohe; Edílson, Geromel, Kannemann e Marcelo Oliveira; Walace, Maicon, Ramiro, Douglas e Everton; Luan.

Serão mais de 55 mil tricolores, com um só pensamento, o de campeão e o Brasil todo, torcendo pelo espetáculo. É o dia que o Grêmio, poderá trazer de novo o sorriso farto ao rosto do torcedor, o dia que a sina de “ilusão”, terá fim!

Pegue sua bandeira, sua camiseta. Você torcedor, que apoia o tricolor, “na boa e na ruim muito mais”, empurre o clube rumo a mais uma copa… a quinta!

Viva o clima Nação tricolor...cante...grite...sonhe!

 

Grêmio eu te dou a vida

Tu és a alegria do meu coração

Saber é um sentimento

O que nós queremos é ser campeão!

 
 

por Mariana Alves, para Sheila Menzomo, com carinho!