TAÇA EWALDO POETA: CAXIAS E GRÊMIO DECIDEM A FINAL DO PRIMEIRO TURNO DO GAUCHÃO

 

Foto: Lucas Uebel | GRÊMIO FBPA


 

O final de semana foi de decisões e de clássico no Rio Grande do Sul. No sábado (15), Internacional e Grêmio decidiram a primeira vaga para a final do primeiro turno do Gauchão no Estádio Beira-Rio e quem levou a melhor foi o Tricolor, que venceu o jogo por 1 a 0 com gol de Diego Souza já nos acréscimos do segundo tempo. Já no domingo, Caxias e Ypiranga entraram em campo no Centenário para brigar pela outra vaga e quem garantiu a classificação foi o time Grená, que também ganhou por 1 a 0 com gol do centroavante Da Silva nos acréscimos.

Se o jogo terminasse empatado no tempo normal e fosse para os pênaltis, a decisão seria na Arena do Grêmio. Mas, quis o destino que, o jogador que pertence ao Grêmio e foi emprestado para o Caxias há pouco tempo, tirasse a decisão de Porto Alegre com um gol já nos acréscimos, garantindo a final em Caxias do Sul. O futebol às vezes é muito engraçado. Para Da Silva jogar a decisão no próximo sábado, o time Grená terá que pagar uma multa ao Grêmio, caso contrário o jogador não poderá participar da partida pois o mesmo pertence ao tricolor. 

No sábado (15), Inter e Grêmio fizeram um jogo digno do clássico GreNal que conhecemos bem, bastante disputado, expulsão e VAR acionado e emoção até o último minuto da partida. O Grêmio abriu o placar duas vezes no primeiro tempo aos 37’ e aos 48’, com Everton, mas os dois gols foram muito bem anulados, pois, nos dois lances, o jogador do Tricolor estava em posição irregular. Aos 31’ o volante argentino do Inter, Damián Musto, recebeu o primeiro cartão amarelo e aos 45’ levou o segundo após puxar a camisa de Diego Souza. O volante foi expulso, deixando o Colorado com um jogador a menos. O Inter voltou para o segundo tempo melhor que o Grêmio, apesar da expulsão jogou de igual pra igual e chegou perigosamente duas vezes, com dois chutes de Edenílson. O Grêmio respondia com toda a velocidade de Alisson e Everton, mas o jogo parecia se encaminhar para as penalidades. Até que, aos 46’ minutos da etapa final, Everton cruzou na medida para Diego Souza cabecear para o fundo do gol de Marcelo Lomba. O Colorado ainda teve a chance do empate aos 49’, Cuesta cruzou para Guerrero que cabeceou forte, mas o goleiro Vanderlei estava atento e fez uma grande defesa. Final de jogo no Beira-Rio: Grêmio classificado 1, Internacional eliminado 0.

Domingo também foi dia de decisão, dessa vez na Serra Gaúcha no Estádio Centenário em Caxias do Sul. O Caxias conheceu sua primeira derrota no Campeonato no jogo contra o Esportivo, onde perdeu por 1 a 0. Já o Ypiranga não perdeu nenhum jogo no primeiro turno e só não ficou com a primeira colocação do Grupo A porque o Internacional levou vantagem no saldo de gols. O primeiro tempo foi de poucas chances para os dois times, a melhor chance foi de Neto Pessoa para o Ypiranga. O jogo em si era bom, as duas equipes até tentaram buscar o gol, mas sem efetividade no último passe. Já no segundo tempo o negócio ficou melhor, Neto Pessoa até balançou as redes, mas o jogador estava em posição irregular e o impedimento foi marcado. Os dois times seguiram buscando o gol para decidir a final em casa, mas a bola teimava em não entrar. O Canarinho era quem tinha as melhores chances, mas sem sucesso e o jogo se encaminhava para a decisão por pênaltis. Jean Silva teve a bola do jogo para o Ypiranga em um contra-ataque, Leilson encontrou o camisa 7 na cara do gol do Caxias, mas o goleiro Marcelo Pitol se esticou todo para evitar o gol do canarinho. Quis os deuses do futebol que, quem colocaria o Caxias na final e tiraria a decisão da Arena fosse exatamente um jogador do Grêmio. Isso mesmo! O centroavante Da Silva que foi emprestado há pouquíssimo tempo pelo Grêmio para jogar no time Grená, fez o único gol da partida, aos 46’ do segundo tempo. O Caxias venceu o Ypiranga por 1 a 0 e está classificado para a final.

A decisão da Taça Coronel Ewaldo Poeta, do Primeiro Turno do Gauchão, será no próximo sábado (22), às 16h30 no Estádio Centenário em Caxias do Sul. Os campeões dos dois turnos disputarão a grande final do Campeonato Gaúcho de 2020, caso a mesma equipe vença os dois turnos, automaticamente será a campeã do Gauchão. 

 

Amanda Rodrigues

 

*Esclarecemos que os textos trazidos nesta coluna, não refletem, necessariamente, a opinião do Blog Mulheres em Campo.

 

Fonte: globoesporte.com