This is it, the moment is here!

BANYANA BANYANA ESTREIA EM MUNDIAIS DIANTE DE UMA DAS FAVORITAS

 

Será o jogo da vida para as sul-africanas. Foto: SAFA

 

08 de junho de 2019, entrará para a história da África do Sul. As guerreiras africanas, farão sua estreia em Mundiais, diante da Espanha, no Estádio Océan em Le Havre, às 13hrs. Este será o primeiro confronto entre as duas seleções.

“A Espanha é uma potência do futebol mundial, apesar de ser apenas a segunda Copa do Mundo Feminina da FIFA. Sabemos o que estamos enfrentando e fizemos todo o possível para estarmos prontos para esse confronto tão importante”, acrescentou Ellis, treinadora das sul-africanas.

A expectativa é grande e o país está fechado com a equipe de Desiree Ellis, que agradeceu o apoio e pediu que a torcidas as acompanhe.

“Esperamos muito tempo por isso e agora é nosso momento de brilhar. Estaremos jogando para todas as jogadoras que entraram e saíram da Banyana Banyana, as mesmas jogadoras e treinadoras que lançaram bases para estarmos onde estamos hoje - nós devemos muito a elas”, disse um emocionada Desiree Ellis.

A África do Sul se classificou para o Mundial derrotando Mali, nas semifinais da AFCON Feminina de 2018, realizada em Gana. Mas na final diante da Nigéria, as Banyana Banyana perderam o título nos pênaltis.

Durante a preparação foram 9 confrontos- contra a Suécia, Holanda, Finlândia duas vezes, a República Checa, Coreia do Norte, Jamaica, campeões mundiais dos EUA e mais recentemente a Noruega, todos sem vitória.

A defesa é o ponto mais vulnerável da equipe. Nessas dez partidas sem vitória, as redes sul-africanas foram balançadas em 8 oportunidades. Já o ataque, marcou em seis oportunidades.

A grande aposta da seleção é Kgatlana, artilheira da África, na Copa Africana de Nações e melhor jogadora do continente. Mas ainda não sabemos o esquema que vai a campo, se o 4-2-3-1, ou o 4-4-3.

Por Mariana Alves

Fonte: SAFA África