Timão recebe o Flamengo para seguir na cola do rival

Pela décima terceira rodada do Campeonato Brasileiro 2016, acontece neste domingo, na Arena Corinthians, um duelo de gigantes: O time de maior torcida do Brasil recebe em sua casa o segundo time de maior torcida.

Em uma semana movimentada no Corinthians, após algumas reuniões entre a comissão técnica e diretoria acabou ficando definida a reintegração do atacante Alexandre Pato ao elenco alvinegro. O presidente Roberto de Andrade concedeu entrevista coletiva na última sexta-feira e explicou a situação do atacante:

– Empréstimo não tem mais como fazer, agora é negociação em definitivo. Não vamos esquecer que o contrato com o Chelsea encerrou ontem. Até o momento, não chegou nada (de proposta). Ele é funcionário do clube, tem contrato conosco até dezembro e terça-feira ele se junta aos outros para começar os trabalhos aqui - disse Roberto.

Na preparação para seu segundo jogo em casa, Cristóvão Borges seguiu fazendo mistério em treinos parcialmente fechados e discretos. Apesar disso, a escalação provável não deve ter muitas modificações: Apesar da recuperação de Walter, tido como titular nos últimos jogos de Tite pelo Timão, Cristóvão vem mostrando que com ele a história é outra em alguns aspectos. Mesmo com algumas falhas e o descontentamento de boa parte da torcida, Cássio segue na vaga. O outro ponto em que Cristóvão vem se diferenciando de Tite é o uso dos garotos da base: Pedro Henrique segue na vaga de Vilson, recuperado de lesão e o garoto Isaac Prado, um dos artilheiros da Copinha 2016 foi relacionado para a partida.

Cássio segue na titularidade (Foto: corinthians.com.br)

O Timão é vice-líder da competição e precisa, mais do que nunca, da vitória para seguir colado na ponta da tabela.

Os 11 prováveis titulares são Cássio, Fagner, Balbuena, Pedro Henrique e Uendel; Bruno Henrique e Rodriguinho; Romero, Giovanni Augusto e Marquinhos Gabriel; Luciano.

A arbitragem fica por conta de Héber Roberto Lopes (Fifa-SC), auxiliado por Guilherme Dias Camilo (Fifa-MG) e Nadine Camara Bastos (Fifa-SC)

Por Victória Monteiro, maloqueira, sofredora graças a Deus!