TIME MISTO E DERROTA NO FIM DO JOGO

 

 

O jogo entre Corinthians e Botafogo, pela 11ª rodada do Brasileiro, teve de tudo um pouco, Gatito pegando pênalti, erro de arbitragem, moeda jogada em campo e acertando no árbitro de linha, o Botafogo segurando o Corinthians, mas não teve o principal para o Glorioso: pontos somados no Brasileiro.

 

Ao contrário do que foi dito ao final do jogo contra o Atlético MG, Jair Ventura não escalou o time titular neste domingo (02) contra o Corinthians. Com foco no jogo da Libertadores contra o Nacional (URU) na próxima quinta-feira (06), o técnico Alvinegro colocou um time misto e foi esse time que quase arrancou pontos dos donos da casa.

Desde o início do jogo a equipe do Botafogo era compacta e o Corinthians quase não conseguia chegar próximo a área. Com posse de bola que chegou a 77% no primeiro tempo, o time da casa não conseguia furar o bloqueio do Glorioso, tendo sua primeira finalização apenas aos 27 minutos com Jô cabeceando por cima do gol. O Botafogo teve chances de abrir o placar aos 35 minutos. Bruno Silva recebeu de Guilherme e carregou a bola até a linha de fundo na lateral direita tocando rasteiro para João Paulo que chutou pra fora. Nos acréscimos o time paulista teve nova chance com Maycon, mas também sem sucesso.

No segundo tempo o jogo mudou bastante, o Corinthians voltou mais ofensivo e levando muito perigo ao gol carioca. Com 3 minutos de jogo os donos da casa chegaram duas vezes com perigo, e aos 5 minutos tiveram a chance de abrir o placar novamente. Marcelo fez falta em Guilherme Arana fora da área, mas o árbitro marcou pênalti. Quem assumiu a responsabilidade foi Jô. Ele tomou muita distância e correu em direção a bola, batendo com força no canto esquerdo de Gatito, porém o goleiro Alvinegro pulou com segurança defendendo o pênalti e logo em seguida pegando o chute de rebote de Maycon.

 

C:\Documents and Settings\usuario\Desktop\Gatito.jpg

Foto: Imagens Globo.com

 

O jogo continuou com pressão do Corinthians e com o Botafogo apenas se defendendo, foi então que aos 33 minutos Jô recebeu a bola dentro da área e chutou, mas Gatito defendeu, na sobra Rodriguinho chutou e novamente Gatito fez milagre não deixando a bola entrar, mas no segundo rebote Jô chutou e dessa vez sem chances para o goleiro. Era o gol da vitória do time paulista.

Com a derrota, o Botafogo segue com 15 pontos, mas agora em 9º lugar na tabela, já o Corinthians segue líder do campeonato com 29 pontos e uma diferença de 7 pontos para o segundo colocado.

Nosso próximo compromisso é contra o Nacional (URU) pelo jogo de ida das oitavas de final da Libertadores, e não teremos tempo de descansar e nem de treinar. Na terça-feira o Botafogo já viaja para Montevidéu, onde enfrenta na quinta-feira (06) o time uruguaio.

 

FATO LAMENTÁVEL

Aos 40 minutos do primeiro tempo o árbitro de linha, que ficava atrás do gol de Gatito, foi atingido por uma moeda arremessada por um torcedor do Corinthians. O fato foi relatado na súmula do jogo, porém o time paulista não corre risco de punição, já que o agressor foi identificado.

 

FICHA TÉCNICA DO JOGO

Data e Horário: 02 de julho às 16h00.

Local: Arena Corinthians (São Paulo – SP)

Árbitro e Auxiliares: Toski Marques (Fifa-PR), Bruno Boschilia (Fifa-PR) e Victor Hugo Imazu dos Santos (PR)

Público: 40.341 pagantes

Renda: R$2.235.726,90

Cartões amarelos: Jadson, Jô e Fagner (COR), Victor Luis e Arnaldo (BOT)
Gols: Jô aos 33 minutos 2ºT

 

CORINTHIANS: Cássio, Fagner, Balbuena, Pablo, Guilherme Arana, Gabriel (Marquinhos Gabriel), Maycon, Jadson, Rodriguinho (Camacho), Clayson (Pedrinho) e Jô. Técnico: Fábio Carille.

 

BOTAFOGO: Gatito Fernández, Arnaldo, Marcelo, Igor Rabello, Victor Luis, Dudu Cearense, Bruno Silva, João Paulo, Camilo (Marcos Vinícius), Gilson (Roger) e Guilherme (Rodrigo Pimpão). Técnico: Jair Ventura.

 

Saudações Alvinegras!

Por Leilane Pereira