TIME SEM VERGONHA!

 

https://www.tribunapr.com.br/wp-content/uploads/sites/1/2017/07/cap1-2-825x550.jpg?a86372

Foto: Albari Rosa

Atlético-PR entrou em campo nesta quinta (27) enfrentando o time do Grêmio pelas quartas de final da Copa do Brasil. Em um jogo que o Atlético precisava reverter o placar de 4x0, no qual passou mais vergonha e perdeu de 3x2 na Arena da Baixada.

Furacão entrou com um time com reservas, jovens e titulares. Sabendo que tinham que ir para o tudo ou nada, partiu para cima do Grêmio. Mas não é à toa que o tricolor gaúcho é o segundo colocado no Campeonato Brasileiro, eles perceberam e começaram a fechar o ataque rubro negro.

Aos 15 minutos, Coutinho fez um cruzamento certo para Pablo que abriu o placar na Arena. Ali uma pontinha de esperança se abriu para os atleticanos, só faltavam 4 gols para a classificação ou 3 para ir para os pênaltis. Era bem difícil, mas tinha muito jogo pela frente.

Mas tudo que é bom dura pouco né, aos 26 Pedro Rocha marcou para Grêmio após um drible em Cascardo. Ali acabaram as esperanças, precisávamos fazer mais 5 gols. E como se não bastasse, o time morreu em campo e o visitante tomou conta.

No segundo tempo, entra Sidcley no lugar do Nicolas. Um time totalmente ofensivo, mas nada de chances boas, e o jogo seguiu assim até os 24 minutos, Bressan tocou para Everton e ele não desperdiçou e virou o jogo para o Grêmio. E então, a partir dali a torcida já se irritou, o time já se perdeu mais que já estava perdido e tudo piorou.

Pedro Rocha ainda marcou mais um para o visitante, a Arena da Baixada era tomada por vaias. Gedoz em uma cobrança de falta diminuiu, mas já era tarde demais e o jogo acabou com o Grêmio levando a vitória e classificação.

A classificação já era impossível, mas a torcida foi ali para ver a vitória do time, pelo menos ganhar em casa era obrigação já que isso não acontece há 9 jogos.

A torcida merece um time de raça, com vontade e cobrou isso. A Arena acordou pichada pela insatisfação com o atual presidente do clube Mário Celso Petráglia, que se afastou até o fim do ano.

https://www.tribunapr.com.br/wp-content/uploads/sites/1/2017/07/vandalismo3-825x655.jpg?a86372

Foto: Reprodução

Respeitem o torcedor e honrem a camisa que vestem, temos um jogo de Libertadores pela frente e lutar pra não cair no Campeonato Brasileiro, se o salário está em dia, JOGUEM BOLA!

FICHA TÉCNICA

COPA DO BRASIL
Quartas de final – Jogo de volta

ATLÉTICO 2×3 GRÊMIO

Atlético
Weverton; Gustavo Cascardo, Wanderson, Cleberson e Nicolas (Sidcley); Eduardo Henrique (Eduardo da Silva), Matheus Rossetto, Douglas Coutinho (Yago), Matheus Anjos e Felipe Gedoz; Pablo. Técnico: Fabiano Soares.

Grêmio
Marcelo Grohe; Leonardo, Bressan, Kannemann e Marcelo Oliveira (Cortez); Michel, Jaílson (Everton), Ramiro (Kaio), Fernandinho e Pedro Rocha; Luan. Técnico: Renato Gaúcho.

Local: Arena da Baixada
Árbitro: Raphael Claus (Fifa-SP)
Assistentes: Danilo Ricardo Simon Manis (Fifa-SP) e Alex Ang Ribeiro (SP)
Gols: Pablo 15 e Pedro Rocha 26 do 1º; Everton 24, Pedro Rocha 34 e Felipe Gedoz 47 do 2º
Cartões amarelos: Nicolas (CAP); Bressan (GRE)
Renda e público: não divulgados

 

Izabela Risden