TITULARES X RESERVAS

Reservas do Santa Cruz empatam com titulares do Sport na Ilha do retiro.

 

Foto: NE10.

 

A partida válida pela 8° rodada do hexagonal do título do Campeonato Pernambucano foi agitada.

O mandante veio pressionado, desesperado pela vitória. Imagina perder pro seu maior rival em casa - essa parte é até muito comum - pro time reserva do Santa Cruz? Um pesadelo que por pouco não se tornou realidade.

Como já era sabido, o Mais Querido optou por poupar os titulares por conta das quartas de final da Copa do Nordeste, que já tem seu primeiro confronto marcado para a próxima quarta-feira contra o Itabaiana.

Os atletas que nem sempre tem a chance de mostrar seu futebol, foram agraciados com a oportunidade e não decepcionaram. Apesar de vestirem o manto coral há pouco tempo, entenderam a importância do maior clássico de Pernambuco e mostraram raça ao defender o clube do povo.

 

A PARTIDA

Muita movimentação nas duas áreas do campo, com o Sport tendo as melhores chances de gol. Mas o placar só foi aberto na segunda parte do jogo, quando Rogério, numa jogada individual aos 23 minutos, marcou o primeiro gol da partida.

Enganou-se quem achou que o gol diminuiria o elenco coral. Muito pelo contrário, só aumentou a sede de gol. E ele veio pelos pés do estreante tricolor. Pereira mostrou que também sabe fazer gol de bola parada e cobrou a falta com perfeição para o fundo do gol do Sport. Impossível para Magrão. Golaço do Santa!

 

O estreante tricolor Pereira deixou tudo igual. Foto: Santa Cruz F.C.

 

Pra quem jogou fora, com os titulares reservas, enfrentando o maior rival - e melhor vice - o empate foi bem razoável.

 

ARBITRAGEM

Vale destacar a boa atuação da árbitra Déborah Cecília, que além de preservar ao máximo o bom andamento da partida, conseguiu apaziguar todos os princípios de confusão por parte das duas equipes.

 

Déborah Cecília tem boa atuação no Clássico das Multidões. Foto: Globo Esporte.

 

O jejum de 25 anos com uma mulher no comandando a arbitragem de um clássico em Pernambuco foi quebrado com louvor. Como todos sabemos, competência independe de gênero, e para os que duvidaram, Deborah fez questão de deixar claro. Lugar de mulher é onde ela quiser.

 

PRÓXIMO CONFRONTO

Será contra o Itabaiana pelas quartas  e de final na quarta-feira em Sergipe.

Não tem desculpa. Queremos força máxima para a próxima partida. Queremos a vitória!

 

AVANTE SANTA!

 

AMARA LIMA"