Todo mundo odeia o Cris…

Técnico Covarde não dá! Despreparado e omisso, Cristóvão Borges, mostra mais uma vez que não serve para comandar o Corinthians

 

Quando o Corinthians entrou em campo neste domingo (11), a postura do time me surpreendeu. A forma com que armava as jogadas, mostravam a melhora em relação aos outros jogos. Marlone depois de muito tempo, ganhou sequencia e mostrou que não pode em hipótese alguma ficar no banco. O primeiro tempo, foi mera ilusão a Nação Corinthiana.

O time voltou totalmente recuado, aceitou e assistiu o rival jogar enquanto nosso técnico, tirava um meia por um volante de marcação. Poderia ser o Cristian, mas ele optou por Willians, a tiriça em pessoa, mais grosso que jogador de várzea, mais obeso que o aposentado Ronaldo, e claro, viu o rival virar a partida.

 

 

A certeza que sempre tive esta gritante: CRISTÓVÃO NÃO É TREINADOR PARA O CORINTHIANS! Não consegue uma sequencia de vitórias, se conforma com empate, recua meio mundo, fora a postura tranquilona. Para alguém que já vestiu a camisa do time, falta brio, sangue nos olhos, postura firme, vontade de vencer, mas ele fica lá...como se nada estivesse acontecendo!

Ai podem dizer “mas o clube é o 4º colocado do Brasileirão”, não se iludam, nosso time só ocupa esta posição porque o Campeonato Brasileiro tem nível baixíssimo! Times ditos grandes, estão lutando contra o Z4 e o meio de tabela, esta completamente embolado.

O técnico comandou antes do Corinthians, o Vasco, o Fluminense, o Bahia e o Atlético Paranaense, não deixando saudade alguma em nenhum dos clubes e só chegou ao Parque São Jorge, por ser amigo de Andrés Sanches. No Corinthians, com vinculo até o final de 2017, a Fiel conta os segundos para sua demissão!

 

O dia que a desgraça começou. Foto: Agencia Corinthians

 

Cristóvão desde que chegou não conseguiu firmar uma equipe titular,  muito em função da péssima gestão de Roberto de Andrade, que só não vendeu o roupeiro do clube. Por vezes, Cristóvão mostra alto grau de burrice, como na insistência de Yago como titular ou quando nem relacionava o meia Marlone. Enquanto o treinador não se decide, soma 16 partidas, com 5 derrotas, 7 vitórias e 4 empates. Uma atuação pífia para um clube de tamanha grandeza!

Aceitar Cristóvão a beira do gramado é apequenar o clube! E tendo toda a minha sinceridade, antes tivessem trazido o Mano Menezes, que ao menos sabe o peso da camisa do clube! Mano arma o time com 10 volantes, mas valoriza clássico, vai pra cima e arrisca, enquanto Cristóvão, quase tira uma humilde soneca no banco de reservas…

Tentei traduzir nessas linhas, todo o meu descontentamento, e não tiro a culpa de Vilson, que infantilmente fez pênalti pro rival. Parece sina: quando não é a desgraça do Yago, ajudando o adversário é seu substituto.

A diretoria, também é culpada pela sequencia ruim, por não conseguir fazer contratos com o minimo de segurança e contratar jogadores medíocres. Tá na hora de exorcizar o clube, a começar pelo técnico e pelo presidente!


por Mariana Alves