TRICOLOR ENCARA LOCOMOTIVA NA FONTE LUMINOSA

 

O São Paulo volta a campo nesta quarta-feira (29), depois do empate desastroso no clássico do  fim de semana. A equipe enfrenta a Ferroviária na Fonte Luminosa, às 21h30 ( horário de Brasília) pela terceira rodada do Campeonato Paulista de 2020. 

(Reprodução)

 

É meio óbvio dizer que o time comandado por Diniz é obrigado a vencer, afinal, qual é a folha salarial da equipe inteira da Ferroviária? Será que chega a metade do salário do Daniel Alves?

Comecei este texto achando que não, então resolvi me certificar para não dar nenhuma informação errada. Segundo o portal UOL, em agosto de 2019, época da chegada do até então lateral-direito- que agora resolveu que é meio-campo, os valores de salário e luvas recebidos pelo atleta podiam somar um vencimento mensal na casa de R$ 1,5 milhão. A gente sabe que salário do atleta não sai inteiramente do clube, que tem patrocinador e blá blá blá… Mas no fim do mês é isso que ele recebe e ponto. 

Bom, eu estava errada, o Daniel não o ganha mais que o elenco todo Ferroviária, devido ao fato do time ter sido comprado pelo herdeiro da Casas Bahia, que investiu uma nota preta, que até deu ao clube o apelido de “novo rico”. Então  peço desculpas pelo meu pensamento, a folha salarial da equipe de Araraquara, segundo o portal Yahoo Esportes, é de quase R$ 2 milhões, infelizmente não encontrei o valor exato, mas digamos que dá para pagar 90% dos salários de todos os atletas com o valor recebido pelo camisa 10. 

Mas aí você pode me perguntar: Porque tudo isso, se você era uma das maiores defensoras do Daniel e comemorou demais a chegada dele? 

Bom, continuo sendo fã de tudo que o cara fez na vida, acho Daniel um dos maiores ídolos da seleção, na atualidade, acredito que ainda dê para ele calar minha boca e jogar muito no São Paulo. Mas ele precisa fazer isso AGORA

Momentos antes da desgraça acontecer (Fox Sports) 

 

Daniel foi uma baita contratação, uma jogada muito boa da diretoria para acalmar o torcedor e dar esperança, mas infelizmente não rende. Não tem santo que faça o cara jogar e no último domingo foi desesperador ver ele perder aquele gol feito. Sou totalmente contra lançar sobre um único atleta toda a culpa do universo, mas urgentemente ele precisa assumir a postura de “Camisa 10”. Não é certo a gente xingar o Helinho e blindar o cara que deveria resolver.

A PARTIDA

O São Paulo não voltou para a capital, e treinou nas instalações da própria Ferroviária, mas mesmo assim, Fernando Diniz fechou o último treino para não dar pista da equipe que entrará em campo. 

O treinador não contará com Helinho, devido a uma torção no tornozelo, outros jogadores também são dúvida devido ao desgaste físico. Entre eles Hernanes, Daniel Juanfran e Bruno Alves, que se de fato ficar fora, vai fazer muita falta no setor no defensivo, para mim, o camisa 3 é um dos melhores jogadores do elenco. 

Provável escalação: Tiago Volpi; Igor Vinícius, Arboleda, Anderson Martins e Reinaldo; Tchê Tchê, Everton e Daniel Alves; Alexandre Pato, Vitor Bueno e Pablo.

O adversário do São Paulo, apesar de todo investimento, não começou muito bem a temporada e vem de uma derrota para o Santo André e um empate com o Mirassol. O clube  está no grupo D ocupando a 3º posição. 

Sérgio Soares é o comandante da equipe e deve ir a campo com: Saulo; Lucas Mendes, Rayan, Max e Euller; Higor Meritão, Tony e Léo Artur; Henan, Hygor e Felipe Ferreira. 

O jogo será apitado por Ilbert Estevam da Silva que será auxiliado por Miguel Cataneo Ribeiro da Costa e Alberto Poletto Masseira. 

Apesar de estar no começo da competição é bem importante que os jogadores do São Paulo somem o maior número de pontos, no final das contas são estes pontos que faz a diferença para decidir as fases seguintes em casa. 

 

Por Jéssica Gonçalves 

 

*O BlogMec esclarece que os textos trazidos nesta coluna, não refletem, necessariamente, a opinião do Blog.