Tricolor vai ao Horto enfrentar o América-MG na estreia do Brasileirão

O elenco do Fluminense chegou no final da tarde de sábado em Minas Gerais para enfrentar o América-MG às 16h desse domingo pela primeira rodada do Campeonato Brasileiro.

Antes de embarcar, o técnico Levir Culpi promoveu o ultimo treinamento da equipe antes da estreia. Durante os trabalhos, Levir priorizou as bolas paradas, o treino tático e fez poucas mudanças com relação ao time que venceu por 1x0 a Ferroviária na ultima quinta feira pela Copa do Brasil.

(Imagem: Edgard Maciel de Sá/GloboEsporte)

O ataque do Flu promete vir em boa sintonia para a competição: O camisa 9, Fred, deu uma declaração empolgada sobre o jovem companheiro Richarlison, autor do gol que deu a vitória ao tricolor na ultima partida:

"A carreira dele vai ser melhor do que a minha. Com essa força e qualidade, vejo o Richarlison bem à frente de mim no início. Desde que chegou, nos primeiros treinos, já dava para ver que cheira a gol. Quando o Levir o colocou para jogar eu fiquei bastante feliz. Falei com ele: 'Com a qualidade que você tem, dará muitas alegrias a nós'. Daqui a pouco estará buscando uma vaga seleção. São poucos atacantes jovens que têm este faro de gol. Vejo um futuro brilhante pela frente", disse o atacante.

Perto de contratar o meia Maranhão, campeão catarinense com a Chapecoense, o tricolor das Laranjeiras vai aos poucos dando forma e cara ao seu time. A equipe promete vir ofensiva e sem medo de arriscar:

“A relação é essa, procurar uma ideia tática e desenvolver durante o jogo. Mas tem que colocar para jogar, ter coragem. Como a gente precisa vencer, é melhor arriscar do que ficar com medo” - resumiu Levir em entrevista ao Globo Esporte.

Munido de coragem e com força total, o Fluminense vai a campo com a seguinte escalação: Diego Cavalieri, Jonathan, Gum, Henrique e Wellington Silva; Edson e Cícero; Gustavo Scarpa, Osvaldo, Richarlison e Fred.

O trio de arbitragem para a partida que acontece às 16h no Estádio Independencia fica por conta dos paulistas Thiago Duarte Peixoto, auxiliado por Danilo Ricardo Simon Manis e Anderson José de Moraes Coelho.

Por Victória Monteiro