Tubarão vence de virada e derruba a invencibilidade do Guarani em casa

 

 

Há seis jogos sem saber o que é perder, Tubarão vence o Bugre em seus domínios e demonstra poder de reação. LEC terá como próximo desafio quebrar a também sequência de jogos sem derrota do América de Minas Gerais.

 

 

IMG-20170730-WA0006.jpg

Artilheiro da Série B, Belusso abriu o marcador no Brinco de Ouro

Foto: Gustavo Oliveira - Londrina Esporte Clube

 

 

Somos o melhor visitante da série B, senhores! Prova disso foi a vitória heroica sobre o Guarani pelo placar de 3 a 2, no estádio Brinco de Ouro da Princesa, na noite do último sábado (29), em partida válida pela 17ª rodada da série B do Campeonato Brasileiro.

Além de bater o Bugre em casa diante de sua torcida, de quebra o alviceleste derrubou a invencibilidade do time de Campinas que estava há 28 jogos sem perder como mandante.

E olha como são as coisas, o Bugre já é antigo freguês do Tubarão. A última derrota do time alviverde no Brinco de Ouro da Princesa ocorreu em 2015, na série C do Campeonato Brasileiro. E adivinhem para quem? Para o LEC. Obrigada.

Os gols alvicelestes foram marcados pelo atacante do LEC e artilheiro da série B Jonatas Belusso, de pênalti, pelo zagueiro Edson Silva e por Carlos Henrique. Com o resultado, o Tubarão ocupa a sexta colocação com 27 pontos conquistados e está na cola do G4. O alviceleste está atrás apenas de Juventude e Internacional -  que tem a mesma pontuação - mas que levam vantagem pelo saldo de gols.


 

O JOGO

 

 

Jogando em casa, o Guarani investiu no ataque para sair em vantagem contra os visitantes. A primeira chegada do Bugre ocorreu com três minutos da partida, com finalização de Richarlyson. O Tubarão não se intimidou diante das investidas e também mostrou seu poderio ofensivo em contra-ataques como, por exemplo, de Rômulo logo no início da partida. Porém, foi o Bugre que abriu o placar depois de uma vacilada da defesa alviceleste. E que vacilada. Aos 18 minutos, após uma cobrança de lateral, Gilton lançou para a área e Bruno Nazário fez 1 a 0 para o Guarani. Fumagalli, aos 30 minutos, cobrou escanteio e Genílson ampliou para os donos da casa.

Com dois gols em desvantagem, o aguerrido Tubarão buscou reverter o resultado negativo. Antes do final do primeiro tempo, Diego Jussani fez um corte na bola com o braço e o juiz marcou pênalti para o LEC, penalidade esta revertida com categoria pelo artilheiro Jonatas Belusso, que chegou à marca de 10 gols nesta série B.

 

 

O SEGUNDO TEMPO FOI NOSSO

 

 

Para garantir preciosos pontos fora de casa e colar no G4, o Tubarão chegou apavorando na etapa complementar. Aos três minutos, Igor Miranda realizou uma bela jogada pela lateral, mas a finalização não foi a esperada.  Aos 11 minutos, foi a vez de Belusso que mandou a bola para fora.

O alviceleste chegou ao gol de empate aos 34 minutos da etapa complementar, depois de escanteio cobrado por Artur e cabeceio de Edson Silva. O LEC chegou ao empate e continuou indo para cima, até que conseguiu o gol da vitória -  um senhor golaço, diga-se de passagem - com Carlos Henrique aos 40 minutos.  

Diante do Bugre, o Tubarão contou com vários destaques individuais que jogaram muito para construir essa espetacular vitória de virada, os quais podemos destacar o meia Celsinho  que foi excepcional, um verdadeiro maestro em campo e o goleiro César, ao realizar quatro defesas no segundo tempo, que permitiu que o Tubarão conquistasse a vitória.  

 

 

 

"A gente saiu atrás no placar e sabíamos que tínhamos condições de reverter o resultado negativo. Criamos oportunidades de gols e está aí mais uma prova do nosso poder ofensivo", destacou o capitão Jardel.

 

 

O meia Celsinho destacou como ponto crucial para a virada, o sistema tático utilizado pelo técnico Cláudio Tencati.

 

 

"A vitória se deu pelo respeito tático que temos. Todos estão vendo esse controle. Temos jogadores técnicos que buscam vencer da melhor maneira possível. Conseguimos ter a tranquilidade de buscar a virada com dois gols de desvantagem. Corremos dobrados, não ficamos com a bola alçada, controlamos a bola no chão e viramos", enfatizou o meia alviceleste.

 

 

PRÓXIMO JOGO E OUTRA INVENCIBILIDADE A SER QUEBRADA

 

 

O LEC chegará com moral e confiança para enfrentar o América na próxima terça-feira, 1, em Minas Gerais. O time mineiro também tem uma marca a ser batida: está há 11 jogos sem perder e não toma gols há 4 partidas. Mais um desafio para o melhor visitante da temporada! Eu acredito!

 


 

FICHA TÉCNICA

GUARANI 2 X 3 LONDRINA ESPORTE CLUBE

 

 

GUARANI: Leandro Santos; Lenon, Genilson, Diego Jussani e Gilton; Evandro, Richarlyson, Bruno Nazário, Fumagalii (Luiz Fernando) e Gabriel Leite (Denner); Caíque (Eliandro). Técnico: Vadão.

 

LONDRINA ESPORTE CLUBE: César; Reginaldo, Gustavo Silva, Edson Silva e Ayrton; Rômulo (Rafael Gava), Jardel e Celsinho; Artur,  Igor Miranda (Carlos Henrique) e Jonatas Belusso (Wellisson). Técnico: Cláudio Tencati.

 

CARTÕES AMARELOS: Diego Jussani, Evandro, Caíque, Richarlyson pelo Guarani. Celsinho, Rômulo e Ayrton pelo LEC.

 

GOLS: Bruno Nazário aos 18', Genílson aos 30' (Guarani) e Jonatas Belusso aos 41' do primeiro tempo. Edson Silva aos 34' e Carlos Henrique aos 40' minutos do segundo tempo para o Tubarão.

 

ARBITRAGEM: Paulo H. Schleich Vollkopf (MS).

ASSISTENTES: Eduardo Gonçalves da Cruz e Leandro dos Santos Ruberdo, ambos do Mato Grosso do Sul.

 

 

PÚBLICO: 7.128 pagantes.

 

 

#deviradaémaisgostoso

#vamosparacimaTubarão #aquinãoviolão #vemG4

 

Viviane Alexandrino, torcedora do Destemido Tubarão.