Ufa... Enfim ganhamos!

Depois de 11 rodadas, exatos 73 dias, o Ceará voltou a vencer na série B do Brasileiro. Na noite desta terça – feira (04) o Vovô venceu o Joinville na Arena Castelão por 2 x 1.

Não mudou a situação da tabela, mas precisávamos muito da vitória, principalmente para devolver a equipe o sentimento de que são capazes.

Antes da partida, em homenagem ao dia do idoso, os jogadores entraram em campo ao lado dos idosos do abrigo Lar Torres de Melo, uma coisa linda de se ver, os convidados especiais da noite assistiram à partida no setor Premium da Arena Castelão.

 

O jogo

 

Tanto o Ceará como o Joinville precisava absurdamente da vitória, estavam a 11 e 07 partidas sem vencer, respectivamente. Mas o Vovô por jogar dentro de casa tinha que ditar o ritmo do jogo, e assim se fez até os 12 minutos iniciais.

Começou indo pra cima do adversário, pressionando e buscando o gol, tanto que aos 02 minutos, Wescley já teve uma chance, mas o arqueiro adversário atrapalhou, depois foi à vez de Diego Felipe, aos 06 minutos cabecear forte após cobrança de escanteio, a queima roupa, na base do susto, o número 01 do time catarinense fez ótima defesa e o grito dos torcedores apenas ecoou na arquibancada. Logo depois Bill teve a chance, mas foi marcado impedimento.

Dos 15 minutos em diante, o JEC se encontrou em campo, e passou a igualar a partida, em ótimo contra – ataque, Tinga aproveitou belíssima jogada e livre, livre chutou para a meta alvinegra, para nossa sorte, Tiago Cametá estava no local certo, no momento certo e tirou em cima da linha, impedindo o gol, que com certeza iria abalar por demais os jogadores alvinegros.

Mesmo com o jogo mais nivelado, o vovô possuía mais posse de bola, aos 34 fomos recompensados, bate, rebate na pequena área, Charles ganhou na raça, já caído ao chão, conseguiu dá para Wescley o passe do primeiro gol da partida.

 

Foto: Christian Alekson / Cearasc.com

 

O Mais Querido manteve o domínio, e aos 45, Richardson chutou, Rafael Donato dentro da área pulou com os braços abertos interceptando o caminho da bola, pênalti assinalado, Bill foi para cobrança, com frieza, ampliou o marcador para o maior time do estado…

 

Foto: Christian Alekson / Cearasc.com

 

O Ceará voltou mais tranquilo para a etapa complementar, sem muitas emoções o jogo foi rolando, aos 19 minutos do segundo tempo começou os testes cardíacos. O tricolor foi chegando, e por pouco não diminuiu a diferença do placar, o atacante Jael depois de jogada de Giva cabeceou firme para o gol de Everson, a bola carimbou o travessão e saiu.

Já estava estranhando mesmo a calmaria, o zagueiro Ewerton Páscoa, que após alguns jogos fora por contusão e opção técnica retornava ao seu posto, marcou contra. Deixando em 2 x 1 a contagem.  Mesmo com esse deslize, o defensor foi bem na partida.

O técnico Sérgio Soares já havia planejado sua primeira mudança, Ciel entraria na vaga de Felipe, mas o meia atacante, infantilmente, cometeu falta duríssima segundos antes de sair e recebeu o segundo cartão amarelo, deixando o Ceará com um jogador a menos. Felipe que não vem fazendo bons jogos está sendo muito criticado pela torcida, tanto pelo baixo rendimento, como pela falta de vontade demonstrada em campo.

Mesmo assim, o comandante promoveu a entrada de Ciel, agora na vaga de Bill. Ciel e Lelê continuaram buscando o jogo, e dando velocidade ao setor ofensivo do time, o Vovô soube se defender e segurou o importantíssimo resultado dentro dos seus domínios.

 

Foto: Christian Alekson / Cearasc.com

 

Os torcedores, enfim, comemoraram os 03 pontos e respiraram aliviados. Aliviado mesmo deve ter ficado Sérgio Soares, que estava com seu cargo em risco durante todos os 90 minutos.

O time mostrou muita união no final da partida, antes de saírem de campo, se reuniram no gramado, Ciel e Bill foram os que mais falaram, demonstrando que o elenco está começando a voltar ter empenho no objetivo principal do ano, a rodada não favoreceu, e continuamos em 10º com 43 pontos, há 05 do 4º colocado. Teremos 09 batalhas, e cada jogo é pra ser encarado como vida ou morte. Voltamos a sonhar, ainda é possível e eu acredito...

FICHA TÉCNICA

CEARÁ 2X1 JOINVILLE

Local: Arena Castelão

Data: 04 de outubro de 2016

Horário: 20:30 (Horário de Brasília)

Árbitro: Vinícius Gonçalves Dias Junior (SP)

Assistentes: Fabrício Porfírio de Moura (SP) e Leandro Matos Feitosa (SP)

Cartões Amarelos: Felipe e Richardson (Ceará); Rafael Donato e Tinga (Joinville)

Cartões Vermelhos: Felipe (Ceará)

CEARÁ: Éverson; Thiago Cametá, Ewerton Páscoa, Charles e Eduardo(Thallyson); Richardson, Diego Felipe, Felipe, Wescley e Lelê(Serginho); Bill(Ciel)

Técnico: Sérgio Soares

JOINVILLE: Jhonatan; Reginaldo, Rafael Donato, Ligger e Fernandinho; Naldo, Paulinho Dias(Fernando Viana) e Tinga; Claudinho(Bruno Farias), Jael e Erick Luis(Giva)

Técnico: Ramon Menezes

Eu fiz do Ceará a minha vida... Priscylla Lima, Alvinegra de Fé!