Um amor chamado S.E.R Caxias.

 

 

 

A Sociedade Esportiva e Recreativa Caxias do Sul (S.E.R Caxias) é um clube tradicional do interior do Rio Grande do Sul, que em 10 de abril completa 82 anos. Jogos históricos e momentos de glória fazem parte de sua história. O clube caxiense já superou o Grêmio de Ronaldinho Gaúcho. Foi Campeão Estadual em 2000, e mesmo que tenham se passado 16 anos, ainda é o último clube do interior a conquistar esse feito.

 

Meu caso de amor começa quando pude assistir a uma partida pela primeira vez em seu estádio. Pronto. Não precisou de mais nada. Aliás, a frase usada pela Falange Grená e estendida entre as grades do Centenário explica muita coisa: Aqui se aprende a amar o Caxias.

 

Foto: Facebook S.E.R Caxias Oficial

 

Foi dentro do Estádio Francisco Stédile, que passei a carregar comigo uma das minhas grandes paixões, o Grená do Povo. Foi ali que tive a oportunidade de viver o turbilhão de sentimentos que o futebol é capaz de proporcionar. Hoje carrego a cor grená, azul e branca por onde eu for. Comigo não foi só um jogo. Para a torcida Grená, nunca será só um jogo. Nada se compara à energia vinda de nossas arquibancadas. Seja com à Forza Granata, ao lado da Falange Grená, nas cadeiras ou na social, nos jogos oficiais e amistosos. Aqui, ou à Kms de distância. O Caxias nunca jogará sozinho.

 

Foto: Facebook Forza Granata

Jogo treino realizado em Criciúma na última quarta feira, Criciúma 1 x 1 Caxias, Felipe membro da Forza Granata não conseguiu entrar, mas se fez presente.


 

Dizem que os fracos não se criam nessa paixão, é verdade. Tivemos dias doloridos. Aliás, parece que pra nós tudo sempre foi mais difícil. Depois de uma sucessão de erros que nos obrigou a disputar a Divisão de Acesso do Estadual e a Série D do Brasileiro, cá estamos nós. Com o sentimento de amor ainda maior. Em 2017 voltamos a figurar entre os clubes da elite do futebol gaúcho. Dia 30 de janeiro a torcida grená tem um encontro marcado com o Caxias, no Estádio do Vale em Novo Hamburgo. Foi esse estádio que marcou nosso rebaixamento. Coincidência ou não, será nesse mesmo estádio que ficará marcado nosso recomeço. Que seja o ano do Caxias.

 

A minha alegria é a tua grandeza.

 

Francielle Fabro