UM DOLOROSO TROPEÇO

(Foto: Goal.com)

Bem, Deus sabe o nojo que me dá escrever isso, mas como tenho que fazê-lo, vou arrancar o band-aid de uma vez: fomos derrotados na quarta-feira pelo T*ttenham por 2x0, estando assim eliminados da Copa da Liga Inglesa.

Mais uma vez Unai Emery insistiu na porcaria do esquema de 3 zagueiros, e novamente isso se mostrou um erro. Mais uma vez inventou de colocar o Koscielny, mesmo sabendo que ele ainda está muito aquém do seu nível de jogo normal, e novamente Kos falhou. Mais uma vez insistiu em iniciar com Iwobi e Mkitharyan, deixando Lacazette no banco, e novamente ambos tiveram performances vergonhosas. É impressão minha ou Unai está fazendo cosplay de Arsene Wenger? Porque essa teimosia de insistir em algo que visivelmente não está dando certo pra mim não tem outra explicação.

Tomamos gols de Son e Dele Alli, e ainda tivemos que agüentar a chacota desse último infeliz, fazendo sinal de “2x0” para a torcida Gooner, da mesma forma que Theo Walcott fez para a torcida dos Spurs quando ainda jogava pelo Arsenal. Ok que ele fez isso após tomar uma garrafada na cabeça, mas foi tão uma atitude tão incorreta quanto da torcida.

Agora, por mais odiosa que essa derrota tenha sido, vou tentar manter o lado positivo e pensar que é uma competição a menos para nossos jogadores se desgastarem e se lesionarem. Na minha opinião, agora deveríamos manter o foco somente na Premier League; não que eu tenha alguma ilusão de que possamos conquistar o título nessa temporada (estou bem ciente de que enquanto tivermos essa piada de defesa isso é impossível), mas acho que devemos sim focar em terminar entre os quatro primeiros (ganhando assim uma vaga para a Champions League), pois, por mais que seja um objetivo muito raso para uma equipe da grandiosidade do Arsenal, é inegável que a quantidade de dinheiro que entra para um clube que disputa a Champions League é infinitamente maior.

E considerando que para trazermos zagueiros de alto nível, nesse mercado inflacionado do jeito que está, precisamos de muito dinheiro, sem contar no próprio “prestígio” de disputar a Champions(visto que muitos jogadores simplesmente não têm interesse em ir para times que não estejam disputando a CL), penso que esse deveria ser nosso objetivo na atual temporada. Ganhar a Europa League deve ser bacana e tal, mas sinceramente, creio que ninguém dá muita pelota pra esse título não.

Dito isso, amanhã enfrentaremos o Burnley, às 10:30 da manhã (horário de Brasília), com transmissão da Espn Brasil. Atualmente nosso adversário ocupa a 18ª posição na tabela, porém se mostraram bastante resistentes em sua última partida, conseguiram segurar o T*ttenham a partida inteira e só tomaram um gol nos acréscimos. Ou seja, engana-se quem pensa que teremos uma partida tranqüila.

Possível Escalação:

Arsenal:
Leno; Xhaka, Koscielny, Sokratis; Monreal, Guendouzi, Torreira, Lichtsteiner;Aubameyang, Lacazette, Iwobi

Burnley:
Hart; Bardsley, Long, Tarkowski, Mee, Taylor; Gudmundsson, Westwood, Cork, Hendrick; Vokes

 

COYG!

(Pois torcedor Gooner é igual mulher de malandro, a gente sofre mas não larga).

Por Bárbara Ayres