UM DUELO CRUCIAL NO MEIO DO CAOS!

 

C:\Users\Carla\Downloads\48587319117_01a57a7f21_o.jpg

Foto de Lucas Merçon

A última semana do Fluminense foi pontuada por diversos momentos tensos que resultaram na demissão de Fernando Diniz, depois da derrota para o CSA, por 1 x 0, em pleno Maracanã. Pelas constantes derrotas no Brasileiro, o técnico teve seu trabalho questionado tanto pela gestão quanto por grande parte da torcida que não economizou nas vaias no final da partida contra o time de Alagoas. Como era de se esperar, o clube publicou uma nota oficial na segunda informando o desligamento de Diniz. 

A decisão foi tomada antes de um confronto de extrema relevância diante do Corinthians pelas quartas de final da Copa Sul-Americana, a ser realizado nesta quinta (22), às 21h30, na casa do adversário. Um péssimo momento para uma mudança desta grandeza, afinal o elenco já estava acostumado com o esquema tático de Diniz que, ao contrário do Brasileiro, funciona bem dentro da Sul-Americana. O impacto destas transformações em tão pouco tempo ainda é uma incógnita e só será possível ter total dimensão com o passar dos jogos. 

Antes de anunciar Oswaldo de Oliveira como novo técnico, foi decidido que Marcão seria interino e responsável pelo trabalho junto ao grupo para esta partida. Assim se fez. Ele assumiu a responsabilidade com seu habitual comprometimento com o clube e coordenou o treino final, na tarde desta quarta (21). Apesar de só assumir o comando do elenco na sexta, Oswaldo fez-se presente no CT e acompanhou os trabalhos. 

C:\Users\Carla\Downloads\48593417897_a73904a59f_o.jpg

O interino Marcão e o novo técnico Oswaldo de Oliveira

Foto de Daniel Perpetuo

Marcão conversou com a imprensa no final das atividades e disse que o novo técnico aproveitou a ocasião para conversar sobre seu estilo de jogo e frisou seu desejo por um ataque mais experiente em campo. Com isso, existem boas chances de Nenê e Wellington Nem serem titulares no lugar de João Pedro e Marcos Paulo. Desta forma, Yony deverá cuidar do centro do ataque e Caio Henrique mantido de improviso na lateral esquerda, com Allan, Daniel e Ganso coordenando o meio de campo. O interino fez suas considerações sobre o novo comandante.

"Ele chegou contribuindo. O Oswaldo é uma pessoa especial e um vencedor no campo profissional com muita coisa pra contribuir. Eu tenho certeza que os meninos vão aproveitar bastante. Oswaldo se faz entender rápido. Do Diniz vamos aproveitar tudo. Vamos dar continuidade no projeto que começou, remodelando com o que Oswaldo pensa", comentou. 

O grande desafio de Marcão será a formação da defesa já que Digão ainda sente dores na panturrilha direita e está em tratamento. O capitão ainda é dúvida para a partida e caso o jogador não se recupere, o Fluminense ficará sem zagueiro no banco de reservas, pois Yuri por vezes improvisado, não está inscrito, assim como Luan. 

 

Que João de Deus nos abençoe 

 

Carla Andrade