Uma noite ruim

 

(Foto: Gilvan de Souza/ Flamengo)

 

Ontem (18) foi a volta do Clube de Regatas do Flamengo aos gramados. O jogo foi em pleno Maracanã lotado para apoiá-lo. A partida contra o vice líder São Paulo, valia para manter a distância na pontuação ou aumentá-la. No caso diminuiu para um ponto. Sim, o líder tropeçou diante da sua nação. E não foi bonito de se ver. Confesso que já tivemos atuações piores, e um placar de apenas um gol não era tão horrível assim, mas acendeu a lanterna.

 

Primeiro Tempo:

Os são paulinos entraram fechados, e o rubro-negro não conseguiu driblar o esquema. As melhores chances vieram de bola parada, Paquetá parou no travessão aos 42 minutos. Marlos Moreno e Guerrero pouco apareceram. Já os tricolores quase abriram o placar aos 28 com Rojas, que estreava ontem. Mas faltava aquela criação, aquele que ia desconcertar. É, ele vai fazer falta.

 

(Foto: Gilvan de Souza/ Flamengo)

 

Segundo Tempo:

O Flamengo voltou já querendo resolver, mas deixou um espaço que o adversário não desperdiçou. Ao 2 minutos a lei do ex se fez valer, e Éverton balançou a rede contra seu ex-clube. Não comemorou em respeito, mas complicou a vida da gente. Guerrero aos 5 quase empatou de cabeça, já o Uribe também perdeu a chance de marcar para o rubro-negro. Depois ficou mais do mesmo, o time da Gávea tentou furar o bloqueio, mas foi difícil. E aos 49, quase que o camisa 10 da seleção peruana conseguiu empatar, mas não era sua noite. O treinador até fez mudanças com a saída do Éverton Ribeiro, que estava mal, e entrou Matheus Sávio e Trauco ficou no lugar de Rômulo. Porém a noite terminou em derrota mesmo.

 

Eu disse que a noite não foi das piores, porque ainda nos mantemos na liderança com um ponto de diferença. O time estava desentrosado, errou passes bobos e deixou espaços para contra-ataque. Nossa defesa não funcionou, e sentimos saudades de Vinicius Junior e Vizeu. Até vimos uma equipe que tentou, porém falhou ao desperdiçar tantas chances.

 

 (Foto: Gilvan de Souza/ Flamengo)

 

Ficou a lição que vai ser duro essa briga, que precisamos achar um jeito de superar as saídas de jogadores importantes. O próximo jogo será sábado (21) às 16h, no mesmo palco, no clássico contra o Botafogo. Com os mesmo 27 pontos, o Flamengo se manteve na liderança. Agora continuar no foco e sem tropeçar! Então vamos Flamengo!

 

Por Paula Barcellos