UMA VITÓRIA PARA LAVAR A ALMA!!!

O jogo entre Coritiba e Atlético-MG terminou com um resultado que afeta demais as brigas nas duas pontas da tabela do Campeonato Brasileiro. O Coxa conseguiu vencer por 2 a 0 e se distanciou da zona da degola  e está com 42 pontos, quatro a mais que o Internacional, primeiro time da zona do rebaixamento. Já o Galo, com essa derrota, fica muito distante da briga pelo título, agora com 60 pontos e está em quarto lugar. O líder Palmeiras tem 70 e faltam apenas quatro jogos para acabar a competição.

 

Com a suspensão do treinador coxa-branca Paulo César Carpegiani, quem comandou o Coritiba à beira do gramado foi Rodrigo Carpegiani. Com um jogo de inteligência, o Verdão conseguiu passar pelo time mineiro e comemorou um bom resultado no Alto da Glória.

 

“Foi importantíssimo ter vencido, e convencido também. Estão todos de parabéns, todo o grupo, inclusive fisiologistas, fisioterapeutas, toda a equipe técnica do clube e é um mérito do grupo essa vitória", disse o auxiliar técnico Rodrigo Carpegiani. 

 

Uma das novidades na escalação do Coxa foi a volta do Raphael Veiga como titular, o retorno dele foi marcado com um golaço (no segundo tempo) após a assistência do Kazim, dominou e chutou fora da área mandando no ângulo do goleiro Victor.

 

O time coritibano fez valer o mando em casa, se mostrou muito interessado mesmo com poucos passes de bola, mas todas bem aproveitadas, fazendo o goleiro Victor trabalhar nas finalizações de Kleber, Iago e Gonzáles. O Time mostrou uma enorme interesse em permanecer na Série A, e agora respiram mais aliviados após garantir 03 pontos.

 

As equipes agora terão dez dias de folga até a próxima rodada, o Coritiba recebe em casa o Santa Cruz dia 16 às 21 horas e o Galo recebe no Independência o Palmeiras dia 17 às 21 horas.  

 
 
 

Fonte: Globo Esporte
 
 

O JOGO

 

O jogo começou muito aberto e corrido, os dois times criaram chances de gol. O Coritiba apostava na velocidade de Dodô e Iago pelo lado direito, enquanto o Galo tentava com a movimentação de frente, principalmente com Cazares, Luan e Lucas Pratto. No lado do Atlético-MG o goleiro Victor fez duas defesas difíceis e evitou que o placar fosse aberto no 1º tempo. No Coxa quem salvou foi Amaral, que travou um chute de Lucas Pratto que ia para o gol.

 

Porém, no começo do 2º tempo, o time coxa-branca voltou com a mesma formação, mas com o propósito de tentar sufocar o time mineiro e buscar a vitória. Ninguém conseguiu impedir o golaço de Raphael Veiga aos 7 minutos. Em vez de aproveitar o embalo, o Coritiba recuou e esperou para contra-atacar e conseguiu dar trabalho para Victor em uma finalização de Kazim, mas também sofreu muita pressão até o juiz marcar pênalti de Patric em Kazim e sair o gol de Kléber.

 

Segurando a importante vitória em campo, se defendendo na medida do possível e também avançando no ataque, o Coritiba garantiu uma vitória importante ao lado da torcida.

                        

Coritiba 2 X 0 Atlético-MG


Local: Couto Pereira - Curitiba - PR
Data: 06/11/2016
Horário: 19:30h

Árbitro: Anderson Daronco - RS (FIFA) 
Assistentes: Elio Nepomuceno de Andrade Junior - RS (CBF-1) e Jorge Eduardo Bernardi - RS (CBF-1)
Quarto Árbitro: Diego Almeida Real - RS (ASP-FIFA)

 

Coritiba: Wilson, Cesar Benitez, Walisson Maia, Juninho, Juan (Geovane), Amaral, Gonzalez (Kazim), Dodô, Raphael Veiga (Edinho), Iago Dias e Kleber 


Atlético-MG: Victor, Patric, Gabriel, Erazo, Fábio Santos, Leandro Donizete, Rafael Carioca, Otero (Fred), Cazáres (Maicosuel), Luan (Robinho) e Lucas Pratto 

 

Gols:
Raphael Veiga (Coritiba) - aos 7 minuto(s) do 2º Tempo 
Kleber (Coritiba) - aos 47 minuto(s) do 2º Tempo 

 

Cartões:
Amarelos: Raphael Veiga (Coritiba), Erazo (Atlético-MG), Leandro Donizete (Atlético-MG), Patric (Atlético-MG) 
Vermelhos: Não houve


 

 

Por: Jéssica Bandeira