UMA VITÓRIA PELO AMOR DE DEUS!

 

Tem que dar o sangue e honrar o manto!

(Fonte: Divulgação da Internet)

 

¡Saludos!

Quem diria meus amigos que, em mais uma competição, a Albiceleste chegaria a última rodada da fase de grupos de uma competição precisando vencer, para conseguir manter o sonho do título vivo. Há alguns anos atrás isso era impensável, visto que tínhamos uma seleção poderosa, que ao pisar no gramado, fazia os adversários tremerem e temerem pela derrota. Na Copa do Mundo do ano passado passamos o mesmo sufoco de agora, deixando para conseguir a classificação praticamente na última hora. Agora, pelo torneio continental, não é diferente.

Em um grupo em que era para ser líder (só que não é), a Albiceleste perdeu o primeiro jogo por 2x0, empatou o segundo em 1x1, e amanhã (23), a partir da 16h, jogará na Arena do Grêmio a sobrevivência na Copa América. O adversário do lado de lá é o Catar, seleção com a qual já jogamos uma vez. Foi um amistoso realizado no ano de 2005, com vitória Argentina por 3x0.

Diante do cenário de desespero argentino, nosso camisa 10 falou sobre o confronto de logo mais:

"Não há tempo, é uma partida, depende de nós, temos que ganhar uma partida da fase de grupos se quisermos nos classificar. É uma partida que jogamos a classificação. Seria uma loucura se não passássemos em um grupo em que passam três. Estamos passando por um momento complicado, mas confiantes que podemos ganhar".

 

Situação Argentina até esse momento.

(Fonte: Divulgação da Internet)

 

A situação Argentina é a seguinte: precisa vencer para chegar aos quatro pontos, mas não é apenas isso. Precisamos torcer para que, no jogo Japão x Equador pelo grupo C termine empatado, e também para que a Colômbia derrote o Paraguai. Com todos esses resultados, a Albiceleste conseguiria passar entre um dos melhores terceiros colocados. Mas, se for o caso de Argentina x Catar terminar em empate, a "engenhoca" para avançar de fase será muitíssimo mais complicada. Em caso de acontecer uma derrota Paraguaia por apenas dois gols de diferença, a Argentina consegue ficar em terceiro lugar, dependendo da quantidade de gols que marcar diante da Seleção catari.

Complicado né, então é vencer ou vencer.

Franco Armani, nosso arqueiro, falou também sobre o difícil jogo pela frente:

"A gente tem que se mentalizar para dar tudo nesta última partida e conseguir a classificação".

Já nos pampas gaúchos, em atividade realizada no Estádio Beira-Rio, o técnico Lionel Scaloni provou a seguinte formação: Armani; Casco, Pezzella, Otamendi e Tagliafico; Rodríguez, Paredes, Lo Celso e Messi; Agüero e Martínez.

 

Já em solo gaúcho, a equipe ainda vai realizar um último trabalho, visando mais um jogo da vida. (Fonte: @Argentina).

 

Será essa a formação titular para o jogo de amanhã? Não se sabe, mas independente de quem entre em campo, que honrem nosso manto sagrado  e consigam a vitória. Não será fácil já que o Catar (zebra da competição) vem jogando bem e promete dar muito trabalho.

A equipe ainda realizará  um último trabalho visando o jogo e concederá uma entrevista coletiva na tarde deste sábado.

O responsável por apitar Argentina x Catar é Julio Bascuñan, auxiliado por Christian Schiemann e Claudio Ríos. O trio é chileno.

 

Un partido duro e importante. Tenemos que clasificar.


Por Adri Domingos, Argentinísima.