Vaga garantida!!

 


(Foto: Gilvan de Souza/Flamengo)

Neste domingo (3) a última rodada do Brasileirão foi eletrizante, afinal eram muitas emoções, briga para não cair e a tão desejada vaga para Libertadores 2018. Lá estava o Clube de Regatas do Flamengo precisando de uma vitória para se garantir no torneio internacional do ano que vem, mas dos que disputavam por isso o rubro-negro carioca talvez tivesse o jogo mais difícil, já que seu oponente queria se manter na elite. Desejos tão diferentes que dependiam só de si mesmo.

A partida fora de casa significava garantir a vaga e ainda se seria na pré ou na fase de grupos. Além de poder entender o que foi o time esse ano de tanta irregularidade. Não foi um campeonato bom, mas fica o aprendizado e a necessidade de entender melhor o momento. Agora vamos falar da bola rolando.

- Primeiro Tempo:

Já no quinto minuto de jogo, o Vitória com Zé Weilson chutou uma bomba, que foi por cima do gol. O mandante da partida conseguiu fechar e impedir o ataque do Flamengo. Aos 15 minutos foi a vez de Felipe Vizeu quase abrir o placar. Já aos 20 minutos o Cesar fez a primeira defesa importante no chute de Patric. O momento era bem dividido em que ambos tentavam, mas o rubro-negro baiana levou mais perigo. Aos 30’ Everton Ribeiro perdeu uma oportunidade. Até que aos 39’ o Vitória conseguiu balançar a rede, Carlos Eduardo recebeu e com muita liberdade jogou no canto esquerdo do goleiro carioca. Terminou a primeira etapa com o Flamengo com posse de bola, mas sem conseguir ser efetivo.

- Segundo Tempo:

A rodada se não a mais importante foi a mais decisiva tinham até o momento Vasco e Botafogo ganhando e garantindo suas vagas na Libertadores. O cruz maltino até na fase de grupos estava indo. Aos seis minutos foi Diego que tentou numa boa jogada individual, mas a bola saiu no canto esquerdo.

O confronto continuava brigado, nenhum dos rubro-negros conseguia chegar. Até que aos vinte e nove Rafael Vaz chutou na gaveta da meta adversária e conseguiu empatar. Cesar fez jus a expressão aos quarenta e cinco do segundo tempo e salvou seu espaço.

 


(Foto: Gilvan de Souza/Flamengo)

 

Aí foi drama para os baianos que teve um expulso aos quarenta e seis, Caíque Sá (segundo amarelo) numa falta em Vinícius Júnior, pênalti aos quarenta e oito, Ulian Correia levantou a mão na barreira e sofreu a virada com cobrança de Diego que garantiu a vitória do adversário.


(Foto: Gilvan de Souza/Flamengo)


Ah Carlos Eduardo conseguiu ser expulso depois do apito final por reclamação.

O jogo virou, não é mesmo? Libertadores, tamo aí! Com esse resultado o Flamengo conseguiu terminar na sexta colocação e ir para fase de grupos direto. Ah o Vitória conseguiu se manter na Série A do ano que vem! Com os desfalques e com a zaga desfigurada, já que Juan poupado, Réver machucado e Rhodolfo suspenso, Ave Cesar, mais uma vez brilhou e deu ainda mais segurança aos companheiros e aos torcedores. No campeonato brasileiro conseguimos terminar com o objetivo alcançado, mesmo que tenha sido aquém do esperado e da expectativa criada.

- Destaques:


(Foto: Igor Rodrigues)

 

Conca que atuou pouquíssimo na temporada retornará para a China e deixará o elenco rubro-negro para o ano que vem. Já Guerrero teve sua suspensão aumentada em dez dias pela Fifa e a expectativa é que o resultado do julgamento sobre o doping saia até o final da semana.

Agora concentração para a primeira partida da final da Sul-americana na próxima quarta (6) lá na casa do adversário às 21h45 de Brasília. O grupo já viaja nesta segunda-feira à noite para Buenos Aires para se preparar para a partida. Então bora Mengão que estamos a dois jogos da taça!

 

 

Por: Paula Barcellos - Vamos Flamengo!