Vamos lá decidir esse Cearense pela 66º vez!

Um empate era o suficiente para o Vovô avançar a final, mas o Ceará quis mais, regulamento não interessava ao Alvinegro que a meu ver, fez sua melhor partida neste estadual.

O placar magro de 1 x 0 não descreve o que foi o Ceará em campo, méritos para o goleiro Léo do Guaraju que fechou sua meta do jeito que pode e foi eficiente em 99% das finalizações do Mais Querido...   

Extraída do Facebook

Givanildo escalou o time principal com: Éverson; Romário (Retornou ao seu posto após cumprir suspensão), Luiz Otavio, Valdo (Na vaga de Rafael Pereira suspenso) e Tiago Cametá; Raul, Richardson e Ricardinho; Maxi Biancucchi, Lelê (Na vaga de Victor Rangel também cumprindo suspensão) e Magno Alves.

O Ceará de cara mostrou logo que queria os 03 pontos, e foi pra cima do Leão do Mercado que não se acuou e bravamente também buscava sua meta.

Entre 11’ e 21’ perdemos dois jogadores importantes para o elenco, nos dando certa apreensão e dor de cabeça a Givanildo que ainda na etapa inicial queimaria duas alterações por contusão. Ricardinho sentiu o tornozelo e na sua vaga entrou W. Pernambucano e após Maxi saiu sentindo a coxa e deu lugar a Alex Amado. Fomos surpreendidos com a forma que as modificações não fizeram com que o rendimento Alvinegro caísse, pelo contrário, o Vovô continuava atacando. Magno teve a melhor chance aos 32’ para uma belíssima defesa de Léo. O Guarani chegou com perigo aos 43 ‘ mas nosso sistema defensivo também estava eficiente e evitou o gol.

Na segunda etapa, os donos da casa voltaram ainda mais afoitos e dispostos a marcar e o Guarani não queria ficar para trás também buscava o ataque, deixando espaços. Nos contra ataques, Raul parou nas mãos do camisa 01 visitante, aos 22 minutos. Mas aos 25’ o arqueiro adversário nada pode fazer após Richardson dá passe açucarado para Alex Amado chutar no canto esquerdo e marcar o tento da partida.

Foto: Divulgação / Cearásc.

O ritmo não caiu e o Vovô queria mais, mas esbarramos em tarde inspiradíssima do goleiro Léo. Magno Alves e Luiz Otávio exigiram do arqueiro ainda na etapa final, mas não passou mais nada.

Nessas três partidas, o Guarani não conseguiu marcar gol no Ceará e não foi neste sábado que isso aconteceu... Assim, garantimos a classificação para a final do Cearense, Copa do Brasil e do Nordeste 2018, nesta tarde de 23/04/2017 na Arena Castelão.

Parabéns ao Guaraju por sua belíssima campanha.

O dono da maior torcida do estado fará a final contra o Ferroviário também no sistema playoffs, e a primeira partida será disputada neste domingo (30) ás 16h00 no Castelão, e o melhor de tudo... Clássico da Paz! Ir ao estádio sem medo de encontrar brigas, ônibus apedrejados pelo caminho, cenas lamentáveis... Tem seu valor!

Por Amor e Com Amor... Há e Feliz... Priscylla Lima!