Vantagem diminuída, jogo difícil e empate contra a macaca

Melhor do que a derrota - Foi essa a sensação que ficou do empate em 2x2 entre Ponte Preta e Corinthians no estádio Moisés Lucarelli.  Com alguns bons momentos do Corinthians no primeiro tempo, mas um segundo tempo com muitas falhas, o empate fora de casa serviu para evidenciar alguns pontos a serem corrigidos e trabalhados durante a parada de 10 dias para dois jogos das eliminatórias da Copa do Mundo.

Durante todo o primeiro tempo da partida, a equipe do professor Tite teve diversas chances desperdiçadas. A principal delas veio aos 20 minutos em um toque de cobertura vindo dos pés de Jadson, mas salvo por Rodnei no caminho pro gol. Apesar das boas chances, o Corinthians sofreu muito com a pressão da Ponte Preta deu certo trabalho para o setor defensivo e principalmente o goleiro Cássio que fez algumas boas defesas. O primeiro gol corinthiano veio aos 42 do segundo tempo após troca de passes entre Elias e Malcom que sobrou para Jadson mandar para a caixa.

As chances desperdiçadas pelo Corinthians no primeiro tempo da partida ficam mais evidentes quando avaliamos que o time teve 8 finalizações contra apenas 3 da Ponte.

O segundo tempo foi todo da macaca. O gol de empate veio aos 15 minutos dos pés de Elton após jogada iniciada em falha da lateral corinthiana. Três minutos depois, após chute venenoso de Biro-Biro, espalmada de Cássio e rebote de Felipe Azevedo, a Ponte virou o jogo.

Um dos pontos mais polêmicos do segundo tempo foram as substituições de Tite. Aos 21, trocou Elias, um dos melhores em campo, por Rodriguinho e Malcom por Lucca. Já aos 33, trocou Jadson por Danilo. A substituição de Elias pareceu não agradar a torcida, que iniciou a corneta em cima de Tite.

Aos 39, Rodriguinho fez questão de mostrar que o professor estava certo. Após cobrança lateral de Edilson, Ferrón tirou de cabeça, mas a bola caiu no pé de Rodriguinho que mandou direto para o gol. 2x2 e tudo igual em Campinas.

Para o próximo jogo, só no dia 15 de outubro contra o Goiás na Arena Corinthians, Felipe será desfalque por tomar o terceiro cartão amarelo contra a Ponte.

O Corinthians segue líder do campeonato, mas agora com a diferença que de 7 pontos diminuída para 5, já que o Atlético Mineiro venceu o Coritiba por 3x0.

Nesses dez dias de folga, é crucial para o Corinthians recuperar fisicamente sua equipe e trabalhar alguns erros importantes como as jogadas laterais. Faltando nove jogos para o fim do campeonato, acertar detalhes é de grande importância.

O hexa está logo ali. Vai Corinthians!

Victória Monteiro