Vasco empata com o Oeste e Segue líder na Série B.

Torcida do Vasco compareceu à Arena Barueri (Carlos Gregório JR./ vasco.com.br)
 
Arena Barueri, esse foi o palco que recebeu a partida entre Oeste e Vasco,em uma noite chuvosa os poucos torcedores que foram ao estádio puderam ver logo aos 23 segundos do primeiro tempo após um lançamento de Yago Pikachu, o craque da camisa 10 Nenê abrir o placar. Mas quando parecia que o Cruz-Maltino teria vida fácil o rubro negro despertou na partida e após se organizar, conseguiu chegar ao empate aos  29   minutos com Francisco Alex, o Vasco ainda perdeu uma grande chance de terminar o primeiro tempo à frente do placar após um belo chute de Nenê. 
Na segunda etapa,poucas emoções o Oeste aplicava o seu estilo de jogo que é o bom toque de bola, porém não levava perigo ao gol do gigante,já o Vasco ameaça mais o gol do rubro negro, mais não conseguiu aumentar o placar... fim de jogo e um ponto para cada lado. 
Nenê abriu o placar aos 23 segundos de jogo.  (Carlos Gregório JR./ vasco.com.br)
 
Com o empate o gigante perde os 100% de aproveitamento,mas segue líder isolado da competição com 13 pontos, já que o Atlético-GO perdeu o seu jogo. Com o gol marcado Nenê é o artilheiro da competição com 8 gols o dobro do segundo colocado. Com o resultado de 1x1 o Vasco completou 7 meses sem perder e chegou à marca de 32 jogos invictos, o maior da história do clube em jogos oficiais, mas para manter a boa fase o técnico Jorginho pede mais atenção da equipe :
 
- Tratamos todos os dias de dizer que um jogador de Seleção não tem altos e baixos, é regular. É bom, bom, bom, ótimo, bom. É muito raro jogar mal. Uma equipe para ser campeã tem que manter essa regularidade. Não podemos achar que somos os melhores, porque não somos. Se fôssemos, estaríamos na primeira divisão. O melhor hoje é o Corinthians, que é o atual campeão e tem possibilidade de se manter. Mas somos muito competitivos aproveitando a juventude que temos e a experiência. Somos muito responsáveis, não adianta viver de glórias passadas - frisou o treinador.
 
O treinador também falou sobre a equipe na partida diante do Oeste e sobre a invencibilidade do Vasco:
 
Jorginho em entrevista coletiva (Carlos Gregório JR./ vasco.com.br)
 
 
- Fizemos um gol exatamente nessa situação (de pressionar). Não basta ter posse de bola, é preciso ser efetivo. Reconheço o trabalho do Fernando Diniz, mas minha equipe podia ter vencido e vencido bem. Essa questão de posse de bola às vezes cansa o outro time. Nós tivemos oportunidades. Fizemos algumas mudanças, coloquei o William, que tem uma pegada forte, coloquei o Caio porque precisava de mobilidade, e isso é bom. São jogadores jovens que vamos precisar. Temos jogadores de 30 anos que estão muito bem, mas em alguns momentos temos que rejuvenescer a equipe. Não me preocupei com a posse de bola. Treinamos para aproveitar essa saída de bola e fomos felizes com o gol do Nenê.
 
-É um trabalho que estamos fazendo e é uma grande alegria. Lamentavelmente, tivemos um percalço contra o Fluminense, quando tivemos um primeiro tempo ruim e um segundo bom. Feliz por essa marca. Já batemos o recorde de jogos oficiais e vamos em busca dos 35 para que não reste dúvidas. Vai ser muito difícil sábado em casa, um time que ainda não se encontrou, mas vai brigar, e depois jogos dificílimos fora de casa, contra Joinville e Goiás. Credito a invencibilidade aos nossos atletas. Chegamos com uma nova maneira de jogar. O Vasco era um time que não saia jogando, saía com ligação direta. Hoje, é uma satisfação ver o Thalles recuperado, o Riascos sair querendo ficar, jogadores desacreditados novamente no mercado... É motivo de alegria. Precisamos permanecer humildes, não ganhamos nada.
 
FICHA TÉCNICA 
OESTE 1 X 1 VASCO 

Local: Arena Barueri, em Barueri (SP) 
Data-hora: 31/5/2016 - 21h30 
Árbitro: Diego Almeida Real (RS) 
Auxiliares: Alexandre Kleniche (RS) e José Eduardo Calza (RS) 
Renda/Público: R$ 55.690,00 / 3.187 pagantes 

Cartões amarelos: Renan Mota, Maurinho, Velicka e Rafael Rocha (OES); Yago Pikachu e Luan (VAS). 
Cartões vermelhos: Não houve. 

GOLS: Nenê (0-1, 00'23''/1ºT) e Francisco Alex (1-1, 29'/1ºT) 

OESTE: Felipe Alves; Felipe Rodrigues (Maurício, 25'/2ºT), Francis e Velicka; Renan Mota (Betinho, 6'/2ºT), Danielzinho, Mazinho e Francisco Alex; Maurinho, Marcus Vinícius (Rafael Rocha, 21'/2ºT)e Léo Artur - Técnico: Fernando Diniz. 

VASCO: Jordi; Yago Pikachu, Luan, Rodrigo e Julio César; Julio dos Santos (William Oliveira, Intervalo), Marcelo Mattos (Henrique, 33'/2ºT) e Nenê; Eder Luis, Jorge Henrique e Thalles (Kaio Monteiro, 16'/2ºT) - Técnico: Jorginho.
 
Jessica Martins.