Vasco enfrenta o lanterna Tigres, em busca de mais uma vitória.

 
A partida deste sábado será um duelo de opostos no Campeonato Carioca, de um lado estará o Vasco com seus 100% de aproveitamento, 4 vitórias em 4 jogos, já do outro lado estará o Tigres, lanterna da competição com 4 derrotas em 4 jogos. A equipe do técnico Jorginho teve uma semana inteira de treinamentos, físicos e táticos, em um ambiente leve, descontraído, tranquilo e favorável que nesse início de temporada vem se tornando rotina em São Januário.
Para a partida deste sábado, o único desfalque será o zagueiro Rodrigo, suspenso pelo terceiro cartão amarelo, sem mistérios, o técnico Jorginho já escolheu o seu substituto, Rafael Vaz, autor do gol que garantiu a vitória do Vasco no clássico contra o Flamengo. O zagueiro Jomar que atuou na última partida, dará lugar ao titular Luan, que volta após suspensão. O time será o mesmo de domingo e o técnico manterá na equipe o volante Marcelo Mattos. 
 
 
Em entrevista coletiva o técnico Jorginho falou sobre a escalação da equipe:
 
- A gente tem pensado realmente em manter essa equipe, entrando apenas o Vaz para dar continuidade. É questão de coerência. Colocamos o Jomar porque joga pelo lado direito, não queria tirar o Rodrigo da esquerda, porque a coisa está muito bem encaixada. Nossos zagueiros estão num nível muito bom, tenho segurança de escalar. O Marcelo Mattos tem pegada fortíssima, mas sabe jogar. Gostei da liberdade que ele deu para o Andrezinho e o Julio dos Santos. Facilita a formação. Provavelmente vamos repetir essa escalação – disse o treinador.   
 
Apesar do jogo ser contra o lanterna do campeonato, Jorginho não espera um jogo tão fácil assim:
 
-Apesar de ter perdido quatro jogos, vem jogando bem, teve jogos em que merecia ganhar. É um campo em que vamos ter dificuldade. É um jogo extremamente perigoso. É importante estar concentrado.
 
De volta ao time após cumprir suspensão, outro que falou sobre o próximo adversário do gigante foi o zagueiro Luan, com experiência de estaduais anteriores, o zagueiro afirmou :
 
- O Estadual é decidido contra os pequenos. Não podemos perder pontos contra times de menor expressão. Vai ser um jogo difícil. Eles vão querer pontuar de qualquer maneira. Faremos de tudo pela vitória. No ano passado, foi um jogo difícil. Campo apertado, gramado não estava muito bom, e fizemos um gol no final. É difícil encarar jogos assim.
 
 
 
Para esse jogo o Vasco terá mais uma vez o grande apoio da sua imensa torcida, e apesar da partida ser fora de casa, os torcedores estão animados e irão comparecer em bom número como nas partidas anteriores. 
 
Tigres :
 
A situação do time não está nada fácil, nem dentro e nem fora de campo . A equipe sofre com direitos de imagens atrasados e além disso, vem de uma goleada sofrida pelo Fluminense na última partida . Para o jogo diante do Vasco o técnico Marcelo Cabo irá repetir a equipe que foi goleada no último jogo. O Tigres vai em busca de um bom resultado diante do cruzmaltino para manter as esperanças nesses últimos jogos que faltam.
 
"-Não podemos desanimar por conta dos maus resultados, pois estamos evoluindo dentro de campo, apesar dos revezes", afirmou o meia Léo Bartholo, um dos poucos destaques individuais da equipe.
 
Jessica Martins.
 
 
FICHA TÉCNICA

TIGRES DO BRASIL X VASCO

Local : Estádio Los Larios, em Duque de Caxias (RJ)

Data: 20 de fevereiro de 2016 (Sábado)

Horário: 19h30 (de Brasília)

Árbitro: Rodrigo Carvalhaes de Miranda (RJ)

Assistentes: Eduardo de Souza Couto (RJ) e Gilberto Stina Pereira (RJ)

TIGRES DO BRASIL: Renan, Alex, Sérgio Raphael, Rodrigo Sam e Lucas Fernandes; Gabriel, Léo Bartholo, Giovanni e Diogo Sodré; Kelvy e Fabiano Oliveira

Técnico: Marcelo Cabo.

VASCO: Martin Silva, Madson, Luan, Rafael Vaz e Julio Cesar; Marcelo Mattos, Julio dos Santos, Andrezinho e Nenê; Jorge Henrique e Riascos

Técnico: Jorginho.
 
(Imagens - Vasco/Site Oficial)