Vasco vacila no fim e cede empate ao São Paulo.

 
Créditos: ESPN
 
O Vasco foi até o Morumbi enfrentar o São Paulo, buscando trazer um bom resultado, em um jogo recheado de emoção e polêmicas. O Gigante trouxe na bagagem mais um empate - o terceiro seguido - e com o resultado voltou para o último lugar na tabela, um ponto atrás do Joinville e a quatro do primeiro fora da zona de rebaixamento.
A partida começou com o time da casa indo pra cima, e logo no primeiro minuto de jogo, a equipe tricolor aproveitou uma falha bisonha do zagueiro Rodrigo e abriu o placar com Luis Fabiano, mas o Vasco não se abateu com o gol sofrido logo no início e foi pra cima, levando perigo e dando trabalho para a defesa tricolor. 
Nenê, um dos melhores em campo -se não o melhor - na partida de hoje, armava as jogadas e também sempre aparecia bem no ataque para finalizar. Em uma dessas jogadas o lateral Madson recebeu a bola e partiu para o ataque, quando no cruzamento a bola pegou no braço do jogador Matheus do São Paulo que recebeu o segundo cartão amarelo e foi expulso.O lance gerou bastante polêmica por parte do time tricolor, que não gostou nem um pouco da marcação. Polêmicas a parte, o atacante Nenê foi pra bola e marcou o gol de empate do Vascão aos 44  do primeiro tempo . 
Na volta da segunda etapa, a equipe vascaína - que já estava bem melhor na partida - voltou no mesmo ritmo, pressionando o adversário e não dando espaço para o time paulista. Aproveitando que o tricolor estava com um a menos na partida, o Vasco perdia inúmeras chances claras de gol, mas em uma delas depois da cobrança de escanteio de Nenê aos 17 minutos,  Rodrigo se redimiu da falha no gol do São Paulo e mandou a bola para o fundo das redes, foi o gol da virada da equipe vascaína.
O Vasco seguia perdendo gols e dava alguns espaços para a equipe paulista sair no contra-ataque, até que aos 42 do segundo tempo veio o castigo, gol de Rodrigo Caio, para a tristeza dos vascaínos, que viu o time desperdiçar no finalzinho da partida a chance de ficar mais próximo de sair do Z4. 
O técnico Jorginho falou sobre o resultado na entrevista coletiva após a partida :
 
– Uma coisa é você ficar insatisfeito. Não poderia acontecer de jeito nenhum tomar o gol que tomamos. Outra é a perspectiva pela frente, tínhamos cinco pontos de diferença, temos quatro. Continuamos dentro, motivados, ninguém pode se abater em relação a isso. Mas não podemos deixar de jeito nenhum o São Paulo empatar um jogo como esse. Lamentável. Tínhamos todas as possibilidades de ficar a dois pontos da zona de rebaixamento e perdemos a oportunidade. Mas de forma nenhuma tira nosso ânimo, nossa confiança. A perspectiva melhorou. 
 
O goleiro Rogério Ceni se mostrou bastante irritado com a marcação e depois da partida, mostrou a sua irritação :
 
– Esse pênalti não é marcado dentro de campo. Esse pênalti já tinha sido marcado antes de começar do jogo, só bastava a circunstância. E apareceu uma circunstância muito, muito, muito duvidosa. É uma pena pois ele é um bom árbitro.
 
Créditos: ESPN
 
Faltando agora 7 rodadas para o fim do campeonato, o Vasco vai seguindo tentando o mais rápido possível conquistar aquele que se tornou o seu objetivo nesse Brasileirão: escapar do rebaixamento. O que para um time com a história e a grandeza do Vasco, é algo vergonhoso, pois é uma equipe que briga por títulos. E é algo ainda mais triste ver o que pessoas que se "dizem" Vascaínos , vem fazendo com a instituição nos últimos anos.
A oito jogos sem perder, o  Gigante vem tentando manter a sequência de bons resultados e terá bastante tempo, já que o time vai ter essa semana toda  livre para trabalhar, pois só entrará em campo no próximo domingo, diante do Grêmio no Maracanã às 17h. 
 
Avante Gigante!