Vasco e Chapecoense empatam, em jogo de arbitragem polêmica

 
 
Em mais um jogo infelizmente marcado  por erros escandalosos da arbitragem, Vasco e Chapecoense ficaram no empate, 1x1 no Maracanã, um resultado que foi ruim para ambas as equipes, o Vasco agora tem   28 pontos ,e segue na luta para fugir do Z4. 
O jogo começou com o Vasco indo para o ataque, como vem fazendo nos outros jogos ,mas perdendo muitas oportunidades de abrir o placar. Ainda no primeiro tempo a Chapecoense até marcou,mas teve o seu gol bem anulado já que o seu jogador estava impedido. Na segunda etapa, com o jogo mais aberto, os dois times passaram a atacar mais e ter mais chances de abrir o placar, no primeiro lance polêmico, a Chapecoense abriu o placar, mas o árbitro anulou o gol alegando que o jogador da Chape Túlio de Melo  fez falta no zagueiro Luan, um lance em que teve muita reclamação por parte do time da Chapecoense. 
Aos 27 da segunda etapa após o jogador Nenê cobrar o escanteio, o Vascão abriu o placar da partida com o zagueiro Rodrigo, para a festa da torcida Vascaína, que mais uma vez se fez presente no maracanã. Aos 39 minutos a equipe da Chapecoense empata a partida com o atacante Bruno Rangel em mais um lance em que teve muita reclamação do Vasco, onde o árbitro alegou que a bola tocou na mão do zagueiro Rodrigo, no lance seguinte o jogador da Chape corta mal,e toca com a mão na bola , pênalti que o juiz deveria ter marcado e não marcou,o que é estranho, ocorrer logo após o gerente de futebol  do time catarinense, dizer que lances marcados de "forma duvidosa" para os vascaínos tinham ocorrido nas últimas partidas. 
 
 
 
 
 
No final da partida, os jogadores do Vasco falaram sobre os lances polêmicos :
 
- É brincadeira! Nossa equipe bem no jogo, fizemos o gol e ele começou a inverter falta. O zagueiro deles quase tirou a cabeça do Romarinho e ele deu amarelo pro Romarinho. Depois dá um penalti com o braço colado - disse o lateral Júlio César.
 
O presidente Eurico Miranda também não poupou a arbitragem e muito irritado também falou após o jogo em entrevista coletiva :
 
- O que aconteceu hoje foi escândalo. Escândalo. Marcou um pênalti que a bola bate na barriga. Ele levou muito tempo para marcar, porque alguém mandou ele marcar. Alguém mandou por esses aparelhos de comunicação que eles usam. Deve ser o ponto eletrônico. Árbitro quando marca com convicção aponta para a marca de imediato. É só ver a sequencia. Primeiro não foi pênalti. Aí ficou caracterizado a má intenção dele e desse ponto eletrônico.
 
Já para o técnico da Chapecoense Guto  Ferreira,   o resultado ao que parece, não foi tão ruim assim :
 
- Essa situação nos deu a condição de ir para cima e conseguir o pênalti, o gol de empate. Em cima dessa situação toda, o empate foi bom. No geral, não era o que a gente queria, mas saio contente porque a gente levou um empate importante.
 
O resultado não foi legal para nenhuma das equipes, mas foi bem pior para o Vasco que faltando 8 rodadas para o fim do campeonato,está a cinco pontos do primeiro time fora do Z4,e que por  erros de arbitragem, perdeu pontos importantes nessa reta final de campeonato brasileiro.  O Gigante da Colina agora vai até São Paulo  enfretar o Tricolor Paulista,no estádio do Morumbi domingo  às 16h. 
 
Jessica Martins.