VENCER E AVANÇAR!

(Imagem: spfc.net)

Após empatar em 1 a 1 o clássico SanSão, na Vila Belmiro, o São Paulo agora vai até o estádio Anísio Haddad, o Riopretão, em São José do Rio Preto, onde enfrentará o Linense nessa quarta-feira (30), às 19h30 (Brasília), pela 13ª rodada do Campeonato Paulista.

Na liderança do Grupo C com os mesmos 18 pontos do Audax, mas com a vantagem no saldo de gols, a equipe de Edgardo Bauza precisa vencer para continuar em busca de um dos seus principais objetivos: avançar para a próxima fase do campeonato.

Para isso, após passar um ‘perrengue’ por conta dos desfalques na última semana, o técnico argentino tem motivos para sorrir, afinal, Rodrigo Caio (a serviço da Seleção Olímpica), Paulo Henrique Ganso (cumpriu suspensão automática no clássico) e Michel Bastos (recuperado de uma contratura muscular na coxa direita) voltarão ao time.

Após ser vetado do clássico por ainda não estar fisicamente bem para disputar uma partida, nesta segunda-feira (28), o camisa 7 participou normalmente do jogo-treino realizado com a equipe Sub-20 do Tricolor, no CCT da Barra Funda. Ganso e os demais jogadores também foram a campo, mas sem a presença de Rodrigo Caio, que ainda não havia retornado de seu compromisso com a Seleção, e teria apenas o treino de terça-feira para se adaptar ao esquema tático de Bauza para o jogo contra o Linense.

(Imagem: Fernando Dantas / Gazeta Press) 

Os jogadores que estiveram em campo no clássico fizeram atividades regenerativas, com bastante exercício na piscina. Em seguida, alguns foram acompanhar o trabalho dos reservas.

Sem poder contar com Wesley e Wilder Guisao (em fase final de tratamento), Lyanco e Mena (a serviço das seleções da Sérvia Sub-20 e Chile), Renan Ribeiro (recuperação após cirurgia do apêndice), Breno (sem previsão de retorno) e Rogério (lesão muscular), Bauza assinalou no treino desta terça-feira (29) uma possível escalação: Denis; Bruno, Maicon, Rodrigo Caio e Carlinhos; Hudson e Thiago Mendes; Michel Bastos, Paulo Henrique Ganso e Daniel; e Calleri, retornando à formação 4-2-3-1.

A primeira hora do treino foi fechada à imprensa, que pôde acompanhar o restante das atividades após o técnico permitir a entrada dos jornalistas.

(Imagem: Fernando Dantas / Gazeta Press) 

Patón observou seus comandados no trabalho com a bola, em cobranças de falta e escanteio. Em seguida, parte dos jogadores treinou finalizações, enquanto os laterais e pontas trabalhavam cruzamentos.

Depois das atividades, Edgardo Bauza e os jogadores se prepararam para seguir em viagem até São José do Rio Preto.

Os ingressos serão vendidos apenas no estádio, e os valores para a arquibancada no Riopretão custam R$60 e R$30 meia-entrada. Para as cadeiras, o valor é de R$80 e meia-entrada R$40. Segundo os organizadores do jogo, foram colocados mais de 15 mil ingressos à venda, disponibilizados desde o dia 10 de março.

O árbitro Vinicius Gonçalves Dias Araujo será o responsável por apitar a partida, acompanhado dos assistentes 1 e 2, Miguel Cataneo Ribeiro da Costa e Rafael Tadeu Alves de Souza, respectivamente. Cássio Luiz Zancopé será o quarto árbitro.

Somente a vitória interessa ao São Paulo, pois é dela que o time precisa para manter-se vivo na competição. Caso contrário, a ilusão de poder seguir em frente, para jogadores e principalmente torcedores, virará frustração.

Renata Chagas