Vencer ou Vencer.

Vasco enfrenta busca vitória contra o Santos para se manter com chances no brasileirão. 

 
Durante o Campeonato Brasileiro de 2015, o gigante da colina teve que enfrentar muitos desafios, jogos difíceis e importantes, e teve  uma reação que muitos não acreditavam. E agora, faltando duas rodadas para o fim do campeonato, o Vasco vai enfrentar mais uma batalha, que vai decidir qual será o destino do clube no brasileirão. 
 
Neste domingo em São Januário, o time receberá o Santos, e com os resultados de sábado,(São Paulo 3x2 Figueirense e Avaí 1x0 Ponte Preta ) a vitória virou uma obrigação se o time ainda quiser se manter na série A. Não há dúvida que é nisso em que todos pensam no clube, principalmente os jogadores que sabem que depende muito deles para nós ainda seguirmos acreditando. 
 
Para essa partida, o técnico Jorginho não contará com o zagueiro Luan, que está suspenso ,depois de ter levado o terceiro cartão amarelo na partida contra o Joinville. No seu lugar jogará o zagueiro Rafael Vaz, que foi titular também no último jogo do clube. Outra dúvida que surgiu durante a semana foi se no ataque jogaria Jorge Henrique ou Rafael Silva, mas o técnico deve mesmo manter Jorge Henrique, e assim, o Vasco deve atuar com a mesma equipe que venceu o JEC no último domingo. A equipe santista que está focada na Copa do Brasil mandará a campo para o jogo deste domingo a sua equipe reserva. 
 
Fonte: GloboEsporte.com
 
O técnico cruzmaltino  sempre bem confiante, falou em entrevista coletiva durante a semana, e perguntado se acredita na permanência do clube na primeira divisão deu a seguinte resposta :
 
- Desde que cheguei aqui me coloquei dessa forma. Às vezes chegaram a falar que se o Vasco descesse matematicamente eu ainda estaria acreditando numa possível situação, um possível milagre (risos). A pontuação do Vasco no segundo turno, a confiança dos jogadores aumentou, os chutes a gol estão acontecendo, antes em alguns jogos a gente não conseguia nem chutar. Vimos um crescente da nossa equipe, e os adversários vão ter jogos difíceis. A Ponte Preta vai jogar fora, mas trabalhei lá e sei do potencial dessa equipe. É uma equipe muito guerreira, que tem possibilidades mínimas de G-4 mas está fazendo história. Tem os outros jogos também, eu continuo confiante. Vai ser no sufoco, vai ser no choro, mas assim é mais gostoso.
 
Será mais um jogo decisivo em casa, e os jogadores também estão contando com o apoio da torcida, que juntos vem fazendo a diferença nos jogos do gigante, e o atacante Nenê falou sobre o apoio que o time vem recebendo dos torcedores :
 
- Com certeza eles ajudam. A gente precisa muito da torcida, e eles sabem disso. O apoio foi excepcional. Peço e creio que eles vão nos apoiar até o último minuto. Nós temos que correr até o fim. Temos que fazer o nosso. E é uma coisa que eu prezo muito: o reconhecimento do torcedor. Procuro mostrar meu agradecimento em campo. (Escapar da queda) Vai ter um sabor especial, vai ser como um título.
 
Este domingo será mais um dia de nervosismo, mais um dia de secar os adversários e principalmente, mais um dia de estarmos juntos torcendo para mais uma vitória do nosso Vascão.
 
#EuEscolhiAcreditar 
 
Jessica Martins.
 
 Vasco x Santos
Jogo: 367 / Rodada: 37 
Data: 29/11/2015 às 17:00 / Estádio: São Januário - Rio de Janeiro - RJ 
 
VASCO: Martín Silva, Madson, Rafael Vaz, Rodrigo e Julio Cesar; Diguinho, Serginho, Andrezinho e Nenê; Jorge Henrique e Riascos
Técnico: Jorginho

SANTOS: Vanderlei, Daniel Guedes, Werley, Leonardo e Chiquinho; Ledesma, Leandrinho e Serginho; Leandro; Geuvânio e Nilson
Técnico: Dorival Júnior

Árbitro Leandro Pedro Vuaden - RS (FIFA) 
Árbitro Assistente 1 Cleriston Clay Barreto Rios - SE (FIFA) 
Árbitro Assistente 2 Elio Nepomuceno de Andrade Junior - RS (CBF-2) 
Quarto Árbitro Marcos Andre Gomes da Penha - ES (CBF-1) 
Delegado Nilson de Souza Monção - SP (000) 
Quinto Árbitro Luiz Claudio Regazone - RJ (ASP-FIFA)