VENCER PARA VINGAR A DERROTA NA RÚSSIA

Já classificado como primeiro do grupo G, o Real Madrid irá fechar a fase de grupos da Liga dos Campeões nesta quarta-feira (12). O Madrid irá enfrentar o CSKA Moscou no Santiago Bernabéu, às 15h55 (horário de Brasília).

 

(Foto: Site Oficial do Real Madrid)

 

"Encaramos todos os jogos com o intuito de respeitar a nossa história e a competição. Há equipes envolvidas em decisões e entramos em cada jogo para vencer. Devemos estar vivos e ter apetite competitivo em todas as provas”, Santiago Solari.

 

Garantido nas oitavas de final, o Real Madrid não pensa em dar moleza para o time russo. Mesmo tendo uma lista grande de jogadores lesionados, os que entrarão em campo, irão dar o sangue para defender o Madridismo na sua competição preferida.

Que o diga o nosso lateral Odriozola em coletiva de imprensa nesta terça feira.

 

“Será muito especial jogar na Champions porque é especial para o Madridismo. Temos uma motivação especial e jogar no Bernabéu e ouvir o hino também é algo especial. O grande objetivo é ganhar todos os jogos. Essa é a mentalidade para conquistar todos os títulos, que no Real Madrid é uma exigência. Gostaríamos de voltar a vencer a Champions, mas temos que dar cem por cento em cada jogo para conseguir todos os títulos. Essa é a chave do sucesso”, declarou o espanhol.

 

(Foto: Site Oficial do Real Madrid)


 

No último treino realizado hoje, Solari contou com os jogadores do Castilla:  Javi Sánchez, Cristo e Fran García. O primeiro, provavelmente estará na lista dos convocados para enfrentar o CSKA. Já o brasileiro Marcelo e o alemão Kroos, são dúvidas para o encontro desta quarta feira, uma vez que o técnico do Madrid, deixou claro na coletiva de imprensa, que precisa que seus jogadores estejam em perfeitas condições de jogo, e que não irá precipitar o retorno de nenhum dos seus jogadores.

A novidade que pode pintar na equipe, em relação ao time que enfrentou o Huesca, é o goleiro Navas como titular

 

Enquanto isso, Casemiro, Mariano, Reguilón e Nacho continuam com suas respectivas recuperações. E a expectativa é que pelo menos o brasileiro, volte até o Mundial de Clubes.

 

(Foto: Site Oficial do Real Madrid)



 

Na coletiva, Solari ainda falou da declaração de Cristiano Ronaldo, sobre seus ex companheiros de equipe, de não serem humildes quanto aos atuais.

 

“Humildade é virtude dos grandes. Por isso e por outros valores, por tudo que esse clube conquistou. Cristiano é nosso para sempre, é a história viva do Real Madrid e seus sentimentos nos pertencem”, disse Solari.

 

Como o Solari falou, Cristiano Ronaldo sempre será ídolo, sempre estará marcado na história do Real Madrid, e nada irá mudar isso.

Eu particularmente, tô pouco me lixando para o que ele acha ou deixa de achar do meu Madrid.


 

¡Hala Madrid Y Nada Más!

 

Por Rosileide Ribeiro