Vencer pelo G6

Após 12 dias sem jogar, o Timão volta a campo dessa vez fora de casa para enfrentar o Figueirense em Florianópolis

Com muitos desfalques, Oswaldo de Oliveira teve que se virar nos 30 para escalar o time que enfrenta o Figueirense pela 35ª rodada do Brasileirão 2016. Rildo, Uendel e Guilherme (de novo) se ausentam do time por lesão. Já Vilson e Balbuena, foram suspensos pelo terceiro cartão amarelo. E por fim, Romero, em convocação para a seleção Paraguaia.

Se Fagner não retornar da Seleção, a Zaga será composta, apenas pelos pratas da casa. (Daniel Augusto JR/Agencia Corinthians)

Fagner, que poderia ser um desfalque, já que está sob os cuidados de Tite na Seleção Brasileira, tem grandes chances de estar presente na partida. Por não ser titular no jogo contra o Peru, a comissão técnica acredita que chegando pela manhã no Brasil, o lateral terá total condição de atuar com a camisa alvinegra pela noite. Com a ausência de Fagner nos últimos treinos do Corinthians contaram com quatro crias da base na defesa: Léo Principe, Pedro Henrique, Léo Santos e Guilherme Arana.

Para a felicidade de muitos, não é só de desfalque que se vive um time: Walter, recuperado de lesão na coxa, volta a ser titular no lugar de Cássio.

Walter será o titular.(Daniel Augusto JR/Agencia Corinthians)

A provável escalação vem com Walter, Léo Príncipe (Fagner), Pedro Henrique, Léo Santos e Guilherme Arana; Willians; Giovanni Augusto, Camacho, Rodriguinho e Marquinhos Gabriel; Lucca

A arbitragem fica por conta de Anderson Daronco (Fifa-RS), auxiliado por Elio Nepomuceno de Andrade Junior (RS) e Jorge Eduardo Bernardi (RS)

O Corinthians briga ponto a ponto para entrar no G6 e garantir uma vaga na pré Libertadores 2017. Para que isso aconteça nessa rodada, a equipe depende só dela mesma: Vencendo o Figueirense, ultrapassa o Atlético Paranaense e garante a vaga pelo menos até o início da próxima rodada.

Está mais do que na hora da equipe acordar e lutar em campo, para salvar a temporada. O que temos visto neste segundo turno do Brasileirão é um time totalmente acomodado e displicente, seja ele com Cristóvão, Carille ou Oswaldo. Pode já parecer clichê, ou frase repetida, mas falta GANA! Falta HONRAR A CAMISA DO TIMÃO!

É inadmissível que jogadores com salários tão altos, se limitem a dar desculpas e pedir apoio ao torcedor, e cá entre nós fica difícil apoiar, sem cobrar e manter a calma, vendo tamanho comodismo em  campo. São chances e mais chances, de decolar no campeonato sendo desperdiçadas, jogadores que vieram, nem no banco figuram e seguimos nesse ritmo de férias antecipadas, já que parece que os jogadores, esqueceram que a vaga para a Liberta, está em jogo.

Vai, Corinthians!

Por Victória Monteiro – Maloqueira, sofredora, graças a Deus!