Venceu, convenceu, mas NÃO ILUDIU!

O Tricolor Paulista só tinha uma opção na manhã do ultimo domingo (11), vencer o Figueirense, adversário direto para fugir do Z-4 e subir na tabela, assim foi feito, os 3 pontos que mais parecem 6 foram conquistados na 24ª rodada do Brasileirão, com muito incentivo dos mais de 27 mil presentes no Morumbi e muita entrega dos jogadores.

 

 

NUNCA SERÁ “SÓ” FUTEBOL!

Fonte: Pagina futebol de campo

 

O torcedor são-paulino tem vivido dias difíceis, o time não vencia há um mês e dentro de casa o retrospecto era ainda pior, dois meses sem vitória, a última aconteceu em 10 de julho contra o América-MG, o técnico Ricardo Gomes, por exemplo, não sabia o que era vencer desde sua reestreia na equipe (com este Ricardo soma 5 jogos).  

 

Mas neste domingo ás coisas mudaram, o São Paulo jogou bem, convenceu, mas não iludiu o torcedor, que vai continuar pressionando e cobrando dos jogadores e principalmente da diretoria.

 

Primeiro tempo – Tinha que ser o CHÁVEZ novamente!

 

Em um primeiro tempo praticamente inteiro dominado pelo tricolor, Wesley foi o primeiro a chutar no gol, com 1’ de bola rolando de canhota chegou a assustar o camisa 1 do figueira e na sequência aos 3’ Buffarini cruzou na área, Jackson tentou cortar e mandou um bolão na trave, quase que os visitantes abrem o placar para o São Paulo.

 

Aos 15’ mais uma vez Gatito Fernandes salvou o gol em belo chute de Thiago Mendes de fora da área. Aos 18’ a trave novamente ajudou os catarinenses, Cueva chutou de primeira, Werley fez um pequeno desvio e a bola bateu com força no travessão. Nesse momento o gol tricolor era só questão de tempo porque o São Paulo criava e não era pouco. 

 

Aos 25’ foi à vez de Denis trabalhar, o goleiro que praticamente só assistia ao jogo até aquele momento, fez uma belíssima defesa em levantamento para área e cabeçada de Werley quase a queima roupa. 

 

Do outro lado Gatito também tratou de mostrar que estava bem preparado, Maicon bateu falta direta aos 29’ e o goleiro se esticou para fazer uma linda defesa, mas dessa jogada nasceu um escanteio cobrado por Kelvin pela esquerda e Chávez subiu mais que todo mundo, encontrou a bola e cabeceou. 1x0 para o time do Morumbi aos 30’ da primeira etapa.

 

 

Com números melhores Chavéz herda musica de Calleri!

Fonte: Maurício Rummens/Lancepress!

 

Aos 35’ Gatito ainda salvou um chute colocado de Kelvin, e o jogo foi para o intervalo com saldo positivo dos donos da casa.

 

Segundo Tempo – Tem Gol de estrangeiro, mas também tem de brasileiro!

 

Na segunda etapa o Figueirense entrou mais organizado, e tentando pressionar um pouco mais o São Paulo, mas não obteve sucesso. Aos 20’ a bola bateu no braço de Bruno Alves e o arbitro Dewson Fernando Freitas da Silva assinalou penalidade para os donos da casa, Cueva bateu mal, Gatito defendeu, mais espalmou e na segunda chance o Peruano não perdoou e meteu no fundo da rede 2x0.

 

Denis precisou trabalhar novamente aos 26’ em chute de Ayrton da intermediária, o goleiro fez mais uma linda defesa.

 

Kelvin quebra sequencia gringa.

Fonte: Carlos Pinto

 

 

Aos 27’ Kelvin quebrou a marca de 12 gols consecutivos marcados exclusivamente por estrangeiros (seis de Chavez, cinco de Cueva e um de Calleri), mas foi o estrangeiro Chávez quem deu o gol de presente para o camisa 30 em belo cruzamento rasteiro.

 

O jogo já estava praticamente resolvido quando o juiz marcou mais um pênalti por bola no braço, mas dessa vez foi no braço do zagueiro Maicon, Carlos Alberto cobrou bem para o figueira sem chances de defesa para Denis.

 

Fim de jogo 3x1, alivio para o São Paulo que conquistou os 3 pontos e agora soma 31 se garantindo na 12ª posição e  desespero para o figueirense que abre a zona de rebaixamento com 27 pontos na 17ª colocação.  

 

A missão do tricolor de recuperar a temporada está só começando, agora o time precisa vencer no Morumbi o Cruzeiro pela 25º rodada na quinta-feira (15) ás 21h (Horário de Brasília). Viajar até Curitiba e somar pontos contra o Atlético-PR no domingo (18) às 16h (BSB) pela 26ª rodada, e ainda se preparar para o confronto da Copa do Brasil que vai decidir a vaga para as quartas de final no dia 22 às 21h30 (BSB) em Caxias, lembrando que no primeiro jogo o tricolor perdeu no Morumbi por 1x2.  

 

Ficha Técnica

 

SÃO PAULO 3 X 1 FIGUEIRENSE      

     

Data: domingo, dia 11 de setembro de 2016

 

Local: Estádio do Morumbi, em São Paulo

 

Horário: 11 h (horário de Brasília)

 

Árbitro: Dewson Fernando Freitas da Silva

 

Assistentes: Alessandro Rocha de Matos (BA) e Hlcio Araújo Neves (PA)

 

Cartões amarelos: Dodô e Jefferson (Figueirense); Thiago Mendes e Kelvin (São Paulo)

 

Gols: Chávez, aos 30 minutos do primeiro tempo; Cueva, aos 20 minutos do segundo tempo; Kelvin, aos 27 minutos do segundo tempo; e Carlos Alberto, de pênalti, aos 42 minutos do segundo tempo

 

São Paulo: Denis; Buffarini, Maicon, Lyanco e Matheus Reis; Hudson, Thiago Mendes, Wesley e Cueva (Daniel); Kelvin (Robson) e Chávez

Técnico: Ricardo Gomes

 

Figueirense: Gatito Fernández; Ayrton, Bruno Alves, Werley e Marquinhos Pedroso; Jackson Caucaia, Ferrugem (Elvis), Jefferson, Dodô (Rafael Silva) e Carlos Alberto; Lins (Ermel)

Técnico: Tuca Guimarães

 

#TimeGrandeNãoCai!

 

 

Jéssica Nogueira Gonçalves.