Venceu, não convenceu, mas é líder.

 

O Ceará entrou em campo nesta quarta – feira (01) em partida válida pela 1º rodada do Campeonato Cearense que tinha sido adiada, contra o Tiradentes, Rafael Costa a dois dias de completar 07 meses sem balançar as redes marcou o gol da partida, que deu a vitória e a liderança para o Vovô. Jogo realizado às 19h30, no Castelão.  

Fonte: Diário do Nordeste

O Alvinegro não foi o melhor em campo e se deparou com um organizado Tiradentes, não era à toa que o time da PM estava invicto até a noite anterior. Mostrando bom volume de jogo e organização em campo, as primeiras chances partiram do lado Tigre. Logo aos 4’ Valdir Papel ganhou de Sandro e assustou a meta de Everson, quase abrindo o marcador.

Sem criar jogadas magistrais, o Ceará pouco assustava a meta adversária, o que já se fazia ouvir algumas vaias das arquibancadas. Considerado um campeonato fraco, a torcida é bem exigente quando se trata de Cearense, tendo como obrigatoriedade que o maior detentor de títulos do estado, seja superior, vença e convença com facilidade toda e qualquer partida deste torneio.

Voltando ao jogo...

Aos 12’ o Vovô achou o gol, Rafael Costa aproveitou bola espirrada na área, matou no peito e chutou forte no canto direito, o atacante comemorou muito com seus companheiros, dando Graças ao fim da Zinca e Jejum que vinha sofrendo desde Julho de 2016. Calma, espera um minuto, o Jejum até acabou, a Zinca não.

 

Foto: Christian Alekson/CearaSC.com

Minutos após marcar, na tentativa de interceptar uma jogada, o camisa 09 machucou feio o joelho, saiu com fortes dores do gramado, será avaliado pelo DM hoje (02), ainda estamos no aguardo de informações sobre a gravidade da lesão. Hoo Rafael, que fase hein!? Que não seja nada grave.

Com isso, a tentativa de Gilmar de deixar Magno Alves na reserva foi frustrada e o Magnata entrou na vaga do Tartaruga ainda na etapa inicial. Ainda no 1º tempo, Felipe Menezes de falta e Matheus Trindade de cabeça levaram muito perigo de ampliar, mas ficaram no quase.

Na etapa complementar, tudo do mesmo jeito, o Tigre melhor em campo, tendo as melhores chances, desperdiçando as oportunidades de empatar, obrigando Everson a fazer algumas defesas e contando com a sorte (Que estava do nosso lado, amém), Valdir Papel novamente em uma delas ficou cara a cara com Everson, e para nosso alívio não marcou.

Felipe Tontine entrou na vaga de Douglas Baggio na tentativa de melhorar as jogadas de criação e por último Diones no lugar de Felipe Menezes, as mudanças surtiram um pouco de efeito, mas o Ceará ficou segurando o resultado elástico do placar, tocando a bola no setor defensivo, irritando a torcida, que mesmo com a vitória a nosso favor, não perdoou e vaiou o time. Ainda tivemos algumas chances com Magno Alves e Cametá, mas o placar não sofreu alterações, com os 3 pontos na conta, o Mais Querido assumiu a liderança do Campeonato com 09 pontos.

O Técnico Gilmar Dal Pozzo ainda não caiu nas graças da torcida, suas decisões vem sendo duramente criticada pela maior do estado, Magno Alves e Tontine no banco realmente é um absurdo, visto que eles têm mais volume de jogo que os escolhidos pelo técnico para o setor. A nossa paciência está curta, exigimos um 2017 vitorioso, que é o que merecemos.

Bela Homenagem: A torcida do Ceará fez uma homenagem ao técnico do Tiradentes, nosso ídolo, Sérgio Alves, com uma faixa com seu rosto e escrito “Obrigado Carrasco”, o nosso baixinho saudou a torcida pelo gesto. Desejamos anos de glorias ao nosso eterno carrasco.

O Vovô volta a campo sábado (04) às 21h00, na Arena Castelão, em mais um clássico, o da paz contra o Ferroviário.

Com Amor, Por Amor... Priscylla Lima