VENCEU O VERDÃO PAULISTA

O duelo verde foi neste domingo (02), na Arena Condá. A Chapecoense recebeu o Palmeiras, e não conseguiu vencer os líderes, saiu derrotada pelo placar de 2 x 1.

Com este resultado o Palmeiras que tinha momentaneamente perdido a liderança para o Santos, reassumiu e está agora com 16 pontos. A Chape fica na 13ª colocação com 7 pontos, apenas um ponto acima da zona de rebaixamento.

Nesta partida o VAR trabalhou bem, mas só foi acionado no primeiro tempo do jogo, primeiro anulando um gol de Rildo, que estava impedido, e depois marcando um pênalti a favor da Chape, após a bola bater na mão de Deyverson.

A PARTIDA

O Verdão do Oeste começou bem a partida, não se deixou intimidar pelos líderes do campeonato e foi para cima. Rildo teve boas oportunidades de gol, e aos 10’ ele dominou a bola na área e chutou para o gol. Mas com auxílio do VAR o árbitro da partida confirmou o impedimento.

Após o gol anulado o Palmeiras melhorou, e teve mais chances de gol, aos 24’ Zé Rafael cortou para dentro e chutou de fora da área, mas Tiepo bem colocado defendeu. Logo em seguida mais uma boa chance do Verdão Paulista, Gustavo Gómes tentou após cruzamento de Dudu, e no rebote Lucas Lima de primeira tentou, e novamente Tiepo fez boa defesa.

Até que aos 31 minutos, não deu para Tiepo, Zé Rafael tabelou com Deyverson, passou Gum e passou a bola para Dudu, que bateu de pé esquerdo, gol. 0x1.

Mas não demorou muito para que o Verdão do Oeste tivesse sua chance de empatar a partida, e com o auxílio do VAR, após a bola bater na mão de Deyverson o juiz marcou o pênalti. O artilheiro Everaldo foi para a cobrança e acabou com a invencibilidade da defesa palmeirense, tudo igual na Arena Condá 1x1.

Mas no fim da primeira etapa, o Palmeiras fez o segundo, Dudu cobrou lateral, Felipe Melo desviou, a bola sobrou para Marcos Rocha que bateu de primeira e fez um belo gol. 1x2.

Foto: Tarla Wolski/Futura Press

Na segunda etapa a Chape veio mais aberta, para tentar o empate e a virada da partida.

E aos 15’ Camilo reestreia pela Chape, entrou no lugar de Gustavo Campanharo. Arthur Gomes também saiu para a entrada de Renato Kayzer.

Mas foi o Palmeiras quem continuou indo ao ataque, e Ney Franco fez a última alteração, tirou Bryan e colocou Diego Torres.

A Chape pressionou nos últimos minutos de partida. Aos 35’ Everaldo teve boa chance em chute de fora da área, a bola passou perto do gol, mas foi para fora. Mas não conseguiu o segundo gol, terminando assim a partida. Chapecoense 1 x 2 Palmeiras.

Jogaram pela Chapecoense: Tiepo, Bryan (Diego Torres), Gum, Douglas, Bruno Pacheco, Elicarlos, Márcio Araújo, Campanharo (Camilo), Arthur Gomes (renato Kayzer), Everaldo, Rildo.

Técnico Ney Franco.

Foto: Márcio Cunha - ACF

Camilo falou sobre a estreia e o jogo: “Feliz pelo retorno. Espero fazer um belo campeonato para ajudar o grupo. Sabíamos que era um jogo difícil, Palmeiras tem uma grande equipe, então vamos trabalhar muito para que possamos ter os resultados”.

A Chapecoense volta a campo na segunda-feira (10), às 20h no Estádio Serra Dourada, em partida válida pela 8ª rodado do Campeonato Brasileiro, contra o Goiás.

 

Vamo, Vamo Chape!

Kelly Cristine Janiro