VERDÃO VENCE O LIBERTAD E SE GARANTE NA SEMIFINAL DA LIBERTADORES

Com gols de Scarpa, Rony e Gabriel Menino, Palmeiras vence o Libertad, no Allianz Parque, e conquista vaga na semifinal da Copa Libertadores

(Foto: Cesar Greco/Palmeiras)

 

Nesta terça-feira (15), o Palmeiras recebeu o Libertad no Allianz Parque, para realizar o jogo de volta das quartas de final da Copa Libertadores e saiu vitorioso por 3x0. Após empate por 1x1, no Paraguai, e vitória em casa, o Verdão somou 4x1 no agregado e carimbou o passaporte para a semifinal da Libertadores.

O JOGO

Na primeira etapa, como um bom mandante, o Palmeiras tentou ir para cima de seu adversário, criando algumas jogadas, mas com dificuldade de finalizar com efetividade. 

A primeira boa chance alviverde foi aos 21’, justamente no lance do gol. Antes de Gustavo Scarpa, Veiga tentou o chute, que foi parado na barreira do Libertad; na sobra, Rony ajeitou para Scarpa que, de perna esquerda, chutou e abriu o placar para o Verdão.

Mesmo com a vantagem no placar, o Palmeiras continuou buscando ampliar e chegou algumas vezes. Aos 27’, Gabriel Veron teve oportunidade de chegar com perigo, mas estava em posição de impedimento. Gustavo Scarpa e Matías Viña também apareceram com perigo, mas não tiveram sucesso na jogada.

Aos 34’, Gustavo Gómez sofreu um choque com Bareiro e teve um sangramento na cabeça, mas continuou no jogo. No final desses 45 minutos iniciais, Raphael Veiga recebeu de Veron, mas mandou a bola para fora.

Na segunda etapa, já aos 9’, Scarpa bateu falta direto para o gol, mas o goleiro espalmou. Gustavo Gómez teve que ser substituído após sentir incômodo, deixando o campo direto para o vestiário. Emerson Santos entrou em seu lugar.

Na partida, o VAR foi acionado em lance de expulsão de Iván Piris, que deu um pisão, seguido de agressão, em Raphael Veiga. Após a verificação no vídeo o juiz expulsou o atleta da equipe paraguaia, aos 18’.

Em contra-ataque alviverde, aos 22’, após receber boa bola de Danilo,  Gabriel Menino tocou para Marcos Rocha, que chegava na área e cruzou para Rony ampliar o placar. Com esse gol, o camisa 11 chegou ao seu quarto gol na Libertadores.

Raphael Veiga e Rony saíram para as entradas de Zé Rafael e Willian. Na sua primeira jogada, o camisa 29 recebeu um cruzamento de Scarpa, cabeceou, mas Martín Silva fez a defesa, impedindo o gol de Willian.

O Palmeiras tomou um susto, após Marcos Rocha tentar recuar para Weverton, quando estava com marcação colada nele e perdeu a bola, mas logo conseguiu se recuperar, não permitindo o gol do Libertad.

Minutos depois dessa lambança, o Palmeiras continuou pressionando e aos 36’, Scarpa subiu pela esquerda e cruzou para Gabriel Menino, que estava livre na área e ampliou para o Verdão, fazendo o terceiro gol do jogo. 

Além das oportunidades que acabaram em gol, o Verdão ainda teve outras chances com Scarpa, que finalizou de longe, parando no arqueiro adversário. Gabriel Veron também esteve bem próximo de fazer o dele no jogo, mas foi impedido por Martín Silva. 

A vitória por 3x0 garantiu o Verdão na semifinal da competição. Agora, o Palmeiras espera seu adversário da próxima fase, no jogo entre River Plate x Nacional. 

Pela 26ª rodada do Brasileirão, o Palmeiras enfrenta o Internacional,  no Beira-Rio, sábado (19), às 21 horas.

 

Por Victória Amorim

 

*Esclarecemos que os textos trazidos nesta coluna não refletem, necessariamente, a opinião do Portal Mulheres em Campo.