Vibramos com alegria nas vitórias... Até que enfim o grito de GOL saiu!

 

Saudações atleticanas!!! Hoje foi dia de mineiro, e o Galo, enfrentou o Patrocinense pela 9º rodada do campeonato, às 16h30 em Patrocínio.

 

Foto: Lance

 

Com a equipe alternativa, o Galo optou em ir para cima e o Patrocinense no contra-ataque, porém nenhuma das duas equipes conseguiram atingir seus objetivos até a parada técnica, que aconteceu aos 30 minutos, para que os atletas se hidratassem devido ao forte calor.

Os goleiros trabalharam pouco, pois com o jogo truncado não tinham ênfase rumo ao gol. As melhores chances vieram nas bolas paradas. Com muitas paralisações durante a partida por contusões nada grave, fez com que o jogo ficasse sem emoções nessa primeira etapa.

No segundo tempo, o Patrocinense entrou com o goleiro reserva, já que o principal, que já era dúvida para o jogo, saiu devido a contusão; teve mudança no intervalo também no Galo, saiu Zé Welison para entrar Nathan, provavelmente Zé Welison será titular na terça feira pela Libertadores.

Aos 13 minutos do segundo tempo o Atlético faz gol, porém o juiz informou impedimento do lateral Guga, que deu o passe, e anularam. Segue 0 a 0.

Aos 38 minutos o Patrocinense saiu em arrancada, só tinha o Cleiton pela frente e o jovem goleiro fez uma ótima defesa, impedindo o gol. Já nos 40 minutos da etapa final, o Atlético fez as duas últimas substituições, saiu Huck e entrou Renan Guedes, saiu Vinícius para entrar Leandrinho.

Nos minutos finais o jogo deu uma animada, Galo pediu pênalti em Alerrandro, porém o juiz não deu, e o Patrocinense também deu um susto na defesa atleticana.

Aleluia! Até que enfim, lançamento de Nathan para Guga que cruza a bola para Alerrandro e... finalmente GOOOL!!! Quanto tempo não soltávamos esse grito, parecia uma eternidade, com certeza os atleticanos pensaram que teria mais um jogo sem vitória do Galo, mas como dizem “na bacia das almas” eis que o grito de gol ecoa.

Com um segundo tempo melhor, o Atlético mereceu a vitória, o Patrocinense também teve sua pressão, mas o Galo cantou mais alto e garantiu a liderança.

#OMaiorCampeãoMineiro #GaloVenceu #Bica

 

Por: Angélica Sheila Moreira