Vitória azul em Aracaju.

 

O Confiança recebeu no último domingo (02), o Botafogo da Paraíba em partida válida pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro série C.

 

Foto: Instagram Confiança Oficial

 

A Arena Batistão foi o palco do show proletário. Em posição desconfortável na tabela, a vitória em cima do Belo veio a calhar.

 

O adversário do Dragão era nada mais nada a menos que o vice campeão da Copa do Nordeste. Porém, esse fato em nada assustou os donos da casa. A equipe azulina apresentou um futebol morno no primeiro tempo, com quantidade razoável de chutes a gol, e poucos perigos gerados pela equipe adversária.

 

O técnico Daniel Paulista enxergou exatamente as peças fundamentais para o Dragão, e colocou o recém chegado Bruninho como titular no ataque, infelizmente o jogador sentiu a coxa e foi substituído por Marcelinho. Na frente o Dragão também contou com Rafael Vila e Tito, esse último, inclusive, vem apresentando futebol inversamente proporcional ao seu prestígio junto ao clube e à torcida. Fato esse também perceptível ao técnico, que na volta para o segundo tempo o substituiu por Renan Gorne.

 

Na volta do segundo tempo o Confiança cresceu na partida e se apegou às bolas aéreas para fazer a felicidade da massa proletária presente. Logo no início do segundo tempo, aos 5”, o zagueiro Vinicius Simon aproveitou e cabeceou para dentro do gol, marcando o primeiro do Dragão na partida.

 

Era fácil perceber o entrosamento da equipe e a eficiência da defesa. O ataque estava atento e esforçado, e isso refletiu bem quando Marcelinho recebeu cruzamento e, de cabeça, fez o segundo gol da equipe do Bairro Industrial, aos 15”.

 

Minutos após o segundo gol, mais precisamente aos 21”, Radar mandou a bola para Thiago Enes que cruzou para dentro da área, dando a oportunidade de Anderson na partida, que marcou o terceiro gol do Dragão, também de cabeça.

 

A vitória dentro de casa aliviou a situação do Confiança que amargava a 7a posição chegando perto da zona de rebaixamento. Com os 3 pontos ganhos hoje, o Dragão subiu para a 6a posição e enfrentará o Santa Cruz, 3° da tabela, na próxima rodada, fora de casa.

 

Escalação:

1- Jean

2- Thiago Ennes

3- Vinicius Simon

4- Anderson

5- Amaral

6- Radar

7- Everton

8- Thallysson

9- Tito

10- Rafael Villa

11- Bruninho

Técnico: Daniel Paulista

 

Por Hellen Rangel