Ya estamos en la Euro!

Após perder o título da Copa das Confederações e a eliminação na fase de grupos da Copa do Mundo no Brasil, os torcedores espanhóis viram uma seleção diferente em campo, o futebol de toques que surgiu em Viena e amadureceu na Copa do Mundo da África do Sul em 2010 mudou.  Agora Del Bosque tem o desafio de preparar a equipe para a Eurocopa do próximo ano.

Sem Sérgio Ramos e Iniesta, que estão lesionados, a atual bicampeã do torneio encarou a desclassificada seleção de Luxemburgo, e a missão era ganhar e garantir a vaga para a próxima Eurocopa. O primeiro tempo da partida foi marcado pelas lesões que ocorreram em David Silva e Alvaro Morata, além das manifestações da torcida em relação ao zagueiro Gerard Piqué.  

A melhor chance da Roja ocorreu aos 23 minutos do primeiro tempo, em participação de Cazorla e Morata, o atacante mandou na trave, apesar das chances desperdiçadas a fúria abriu o placar ainda no primeiro jogo, após um chute de Pedro, Cazorla aproveitou rebote e balançou as redes. No segundo tempo a Espanha voltou dando ritmo a partida, apesar das poucas tentativas o segundo gol saiu após uma finalização de Alcácer, o atacante do Valência ainda balançou as redes pela segunda vez, após um passe de Alba. A goleada foi finalizada aos 34 minutos, após um toque açucarado de Nolito para Carzola.

A vitória garantiu a liderança no Grupo C, e a Espanha foi a 24 pontos, além de carimbar o ‘passaporte’ para a Eurocopa da França 2016, na segunda-feira, a seleção cumprirá tabela e jogará contra a Ucrânia. 

Kaliandra Alves Dias